Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-05-2006

    SECÇÃO: Cultura


    ENCERRAMENTO DA MOSTRA DE TEATRO AMADOR

    “A Tempestade” Trabalho de escola revelou talentos... e o saber dos mestres

    Fotos URSULA ZANGGER
    Fotos URSULA ZANGGER
    São de Augusto Boal, dramaturgo brasileiro, fundador do Teatro do Oprimido, as últimas palavras de “A Tempestade” – peça de apresentação pública dos alunos finalistas da Acção de Formação Teatral – Iniciação, levada a cabo pelo ENTREtanto. Palavras certeiras sobre o poder, que comentam, no final, as peripécias que coroam “A Tempestade”, talvez a última peça de William Shakespeare, e uma das mais complexas e encantatórias, em que o genial mestre despeja num caldeirão alquímico ingredientes como a luta política (e a dissimulação e a traição como armas para atingir o poder), mas também a magia, o amor e todas as pulsões elementares da vida.

    Um naipe de actores muito jovens e necessariamente desiguais, a iniciar a sua aprendizagem e a revelar boas apostas da direcção de actores na utilização de recursos escassos como o sotaque (Caliban, uma movimentação e expressão exuberantes), uma certa androginia procurada nas personagens de Ariel e mesmo Ferdinando, a doçura da voz (Miranda) – estes dois tinham que ser os jovens entre os jovens –, mesmo a segurança discreta de Próspero. Mas também na utilização cenográfica dos objectos de luz, na escolha dos figurinos, comedidos e a evitar tentações realistas, etc.. Os alunos, esses, vê-se que aprenderam não apenas representação, mas sobretudo TEATRO, a começar pelos primeiros dos seus mestres, os póprios dramaturgos, uma escolha de... mestre.

    FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

    Texto: a partir de William Shakespeare e de Augusto Boal;

    Adaptação e encenação: Hugo Sousa;

    foto
    Assistência de encenação: Sandra Santos;

    Interpretação: Finalistas da Acção de Formação em Teatro – Nível 1 – Iniciação: Ana Idalina Neto, Carlos Gonçalves, Cecile Monnier, Edia Dias, Filipa Alves, Liliana Teixeira, Marli La-Salete, Nanci Sousa, Sara Silva, Sofia Ferreira, Sofia Leal, Tânia Reis e Vilas Maia;

    Cenografia: Victor Sotto-Mayor;

    Figurinos: Hugo Sousa, José Rosa e Sandra Santos;

    Cabelos de Cena: Tina Cabeleireiros;

    Desenho e Operação de Luz e Som: Tiago Catarino;

    Objectos Luminotécnicos e Montagem Técnica: Tiago Catarino;

    Execução dos Figurinos: Lurdes Benido;

    Fotografia de cena e Registo de Video: House of Photography;

    Design Gráfico: Case Sensitive;

    Produção Executiva: Eunice Sousa;

    Coordenação: Júnior Sampaio;

    Produção: ENTREtanto TEATRO.

    ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM TEATRO - NÍVEL 1: Formadores: Hugo Sousa, Sandra Santos e Júnior Sampaio (coordenação pedagógica).

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.