Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-10-2005

    SECÇÃO: Cultura


    MAGUSTOS

    foto
    Em Portugal e, sobretudo, no Norte e Centro do País, o dia 11 de Novembro, Dia de S. Martinho, é festejado com “magustos”, festas celebradas com castanhas e vinho novo.

    “No dia de S. Martinho

    Mata o teu porco

    E prova o teu vinho”

    Para além das castanhas o vinho tem nesta festa um lugar muito especial.

    “Pelo S. Martinho

    Encerta-se o pipinho”

    Ernesto Veiga de Oliveira dá-nos conta de alguns relatos destas festividades relacionadas com o vinho, como as “Procissões de Bêbados”. Essas procissões organizadas pelas “Ordens” ou “Confrarias” de S. Martinho, cujos membros se recrutam entre os elementos mais afamados na bebedice, segundo a hierarquia das suas proezas anuais: o maior bêbado da terra será o “Juiz”, “Mordomo” ou “Presidente”, e a seguir escalam-se o “Secretário”, o “Tesoureiro”, os “Vogais”, etc..

    foto
    Organizados em rusgas, percorriam as ruas com música de harmónios, cavaquinhos, pandeiretas e ferrinhos.

    Pelos Santos também se realizavam “magustos” nomeadamente aqui em Ermesinde, era um costume tradicional das casas de lavoura, patrões e criados – os moços da lavoura – fazerem uma grande fogueira com caruma, assavam-se as castanhas e bebiam normalmente mais que a medida. As crianças e jovens enfarruscavam-se todos e pregavam partidas uns aos outros.

    Consta que, num desses magustos realizados há mais de 50 anos aqui na terra, os moços de lavoura de uma casa conhecida apanharam uma grande bebedeira e envolveram-se numa cena de pancadaria que ninguém conseguia terminar. O lavrador preocupado, chamou o regedor e pediu-lhe:

    – Não se importa de dar ordem de prisão a estes desgraçados? Antes que aconteça aqui uma desgraça, dormiam na cadeia até que a bebedeira lhes passasse...

    E assim se fez…

    De manhã soltaram-nos, e só então foram tratar dos ferimentos.

    Por: Fernanda Lage

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.