Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 28-02-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-10-2005

    SECÇÃO: Destaque


    Guilherme Roque é o presidente da Mesa da Assembleia em Alfena

    Guilherme Roque foi eleito, no passado dia 25 de Outubro, presidente da Mesa da Assembleia de Freguesia de Alfena, por proposta do PS, que em aliança (inesperada) com o PSD impediu Rogério Palhau, da lista independente “Unidos por Alfena” – que tinha vencido as eleições na freguesia – de ser o presidente da Mesa. As duas secretárias da Mesa dividem-se pelo PS – a ex-vereadora Fernanda Pereira – e pelo PSD – Ilídia Maia.

    A Junta de Freguesia de Alfena, que terá na presidência o já eleito Arnaldo Soares, é constituída ainda por mais 1 elemento da lista UPA, Luís Garcês, 2 do PSD – Carlos Ramos e Sérgio Marques, e 1 do PS – Joaquim Talaia.

    Guilherme Roque, o ex--presidente da Junta de Freguesia de Alfena e recém-eleito presidente da Assembleia de Freguesia da localidade, continuava, passadas duas semanas das eleições ainda quase em estado de choque perante os resultados obtidos pela sua lista – PSD – na eleição da Assembleia de Freguesia de Alfena.

    O autarca reconheceu à Voz de Ermesinde ter ficado muito surpreendido pelos resultados na freguesia.

    Já Rogério Palhau, o ex--presidente do Núcleo do PSD de Alfena em litígio com a Concelhia do Partido, declarou ao nosso jornal ser aquele um resultado esperado e à medida do trabalho que tinham vindo a fazer na localidade.

    Palhau considerava, todavia que o PSD e Alfena devem muito a Guilherme Roque, se não no passado recente, pelo menos nos seus primeiros mandatos.

    O autarca comentou depois, com grande indignação, o acordo celebrado entre o PSD e o PS local, para impedirem a lista dos Unidos de elegerem o presidente da Assembleia de Freguesia. Recorde-se que foi por poucos votos que o movimento Unidos por Alfena não conseguiu ali atingir a maioria absoluta, elegendo 6 representantes na Assembleia de freguesia contra 5 do PSD e 2 do Partido Socialista.

    Também Serafim Vieira, ex-candidato a presidente da Câmara de Valongo pela CDU, há quatro anos, e agora eleito (era o n.º 6 da lista Unidos por Alfena) para a Assembleia de Freguesia, comungava da mesma indignação de Rogério Palhau, pelo acordo celebrado entre os dois partidos.

    Inquirido sobre o assunto, o autarca mostrou igualmente alguma incomodidade face aos acordos PSD/CDU, como o que ficou patente no dia anterior a estas declarações, para a eleição da Mesa da Assembleia de Freguesia de Ermesinde.

    Quanto à situação em Alfena, parece longe de estar serenada a situação que levou à cisão no Núcleo do PSD.

    Ainda recentemente, a Concelhia tentou impor sanções aos militantes que organizaram a candidatura de Arnaldo Soares, tendo em vista do sucedido, o Núcleo acabado por cair.

    Rogério Palhau declarou a “A Voz de Ermesinde” que os militantes de Alfena iriam até às últimas consequências, recorrendo se fosse preciso, às mais altas instâncias do partido e mesmo, em último caso, aos tribunais civis.

    Aquele militante do PSD local considerava-se orgulhoso pelo trabalho que o Núcleo tinha vindo a fazer em Alfena, em que, em relativamente pouco tempo, tinha passado de à volta de 80 para cerca de 300 militantes social-democratas.

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.