Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2005

    SECÇÃO: Local


    Grupo de Jovens católicos da Paróquia de Ermesinde com o pensamento em Colónia

    Teve lugar no passado dia 21 de Junho, na casa de espectáculos do Fórum Cultural de Ermesinde, a Gala das Jornadas Mundiais da Juventude 2005. Este evento foi organizado pelo Grupo de Jovens da Paróquia de Ermesinde, e foi o culminar de um ano de actividades realizadas pelo grupo com a finalidade de angariar fundos para a sua participação nas Jornadas Mundiais da Juventude, a realizar no próximo mês de Agosto na cidade alemã de Colónia.

    foto
    Na passada edição das Jornadas Mundiais da Juventude, realizadas na cidade canadiana de Toronto, em 2002, o Papa João Paulo II apelou aos jovens do mundo inteiro para estarem presentes na edição seguinte – a realizar em Agosto próximo na cidade alemã de Colónia – deste evento que reúne a juventude católica do mundo inteiro. Será uma ocasião de festa, de convivência entre todos os jovens cristãos, será um momento – nas palavras de João Paulo II – para o mundo inteiro adorar Jesus. Com o intuito de marcar presença em Colónia, o Grupo de Jovens da Paróquia de Ermesinde (GJPE) – constituído por vários grupos de juventude cristã da freguesia – organizou, durante o último ano, uma série de iniciativas com a finalidade de angariar fundos para fazer a viagem até à Alemanha. Depois dos passeios a Fátima e à Serra da Estrela, de uma Festa de Carnaval, e até de um torneio de futsal, entre outras actividades mais, o GJPE organizou o seu último evento antes de rumar a Colónia, a Gala das Jornadas Mundiais da Juventude. Actividade esta onde estiveram, para além das largas dezenas de jovens cristãos ermesindenses, algumas personalidades da vida local – que ao longo dos últimos tempos têm prestado um grande auxílio a este grupo para a realização das suas iniciativas – onde se destacam Henrique Queirós, presidente do Centro Social de Ermesinde, António Vasques, representante da Junta de Freguesia de Ermesinde e o Cónego João Peixoto, pároco da freguesia. Apresentada pelo César e pela simpática Cláudia, esta gala teve o seu início com a actuação do Grupo de Teatro Amador TIA, oriundo de Paredes, e que trouxe até Ermesinde “O Auto das Três Costureiras”, uma divertida peça que relatava a história de três irmãs costureiras que viviam em permanente disputa para ver qual delas era a melhor. A boa disposição continuou em seguida, com a actuação do Grupo de Música Tradicional Portuguesa da Associação Académica e Cultural de Ermesinde, uma presença já habitual neste tipo de festas, e que mais uma vez contagiou o público com a sua alegria, colocando-o a cantarolar músicas de índole popular como “O Zé”, “Vareira”, ou “O Senhor da Pedra”.

    A última actuação da noite esteve a cargo da Tuna Académica Juventuna Rebelde, composta por elementos cristãos ligados a várias faculdades do Porto. Pelo meio destas actuações decorreu ainda a entrega dos prémios às equipas participantes no Torneio de Futsal organizado pelo GJPE. No final da gala o grupo agradeceu a colaboração de todos aqueles que ajudaram a tornar realidade a sua presença em Colónia, com um obrigado muito especial ao padre Mota que, apesar de já falecido, continua a ser evidente o facto de ter um lugar muito especial no coração de todos estes jovens. Bom, agora é tempo de começar a ultimar os preparativos para a grande viagem até Colónia. Da nossa parte ficam os votos de uma boa viagem e que todos aproveitem este momento que por certo ficará gravado nas suas memórias para sempre.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.