Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2005

    SECÇÃO: Destaque


    Polis de Ermesinde chegou ao fim

    Está terminado o Polis de Ermesinde. Como forma de festejar o acontecimento, a Câmara Municipal de Valongo organizou um conjunto de iniciativas no passado dia 27 de Junho, altura em que os vários countdowns espalhados pela cidade chegaram ao “zero”, assinalando assim o fim da intervenção do Polis em Ermesinde.

    foto
    Obras que, no entanto, ainda não se encontram totalmente terminadas, uma vez que o edifício Faria Sampaio apenas estará concluído no próximo mês de Agosto.

    As comemorações começaram bem cedo, com a realização de um atelier ambiental no Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental da Vila Beatriz, destinado a todas as crianças entre os 5 e os 11 anos. Três temas fizeram parte deste atelier, organizado pelo grupo “Ciência Divertida”, sendo o primeiro deles dedicado à Água, o segundo às Energias Renováveis e o último à Ecologia. Foi um momento onde os mais novos puderam adquirir outros conhecimentos sobre a valorização e protecção do Ambiente, nomeadamente com a realização de experiências e a construção de objectos feitos com materiais recicláveis.

    Isto para além da animação constante junto da pequenada, protagonizada pelo Pimpolis, a mascote oficial do Programa Polis de Ermesinde. Ao fim da tarde realizou-se então a cerimónia oficial de encerramento, com os countdowns (relógios) a chegar ao “zero” à hora prevista, cerca das 18h00. Junto ao countdown da Praça da Estação, local escolhido para a cerimónia de encerramento, o presidente da Câmara Municipal de Valongo, Fernando Melo, começou por referir que Ermesinde é hoje uma nova cidade, fruto das intervenções do Programa Polis. Melo adiantou ainda que este Polis foi o melhor em todo o país, não só pela sua extenção e pelo número de obras realizadas, como também pelo facto de ter sido o que menos tempo demorou a ser concretizado.

    foto

    OO "RESTINHOS" QUE FALTAM

    Pese embora tenha chegado ao fim, existe ainda uma obra por terminar no âmbito do Polis, o Edifício Faria Sampaio. «Faltam apenas concluir uns “restinhos” das obras previstas neste programa, nomeadamente o edifício Faria Sampaio, que estará concluído no início do mês de Agosto. Quero salientar ainda que Ermesinde teve, na realidade, o Polis que merecia, está uma cidade completamente diferente em relação ao que era há alguns anos atrás, muito mais bonita, esta foi uma obra que mudou a cidade», sublinhou Melo.

    Relembre-se que o Programa Polis de Ermesinde arrancou oficialmente em Dezembro de 2003, tendo abrangido um total de cerca de 30 hectares do núcleo central da cidade, envolvido um investimento total de 10 milhões de euros, sendo que 75% desse valor foi comparticipado pelo PIDDAC.

    foto
    A Praça da Estação, a Praça da Cultura, o jardim adjacente ao antigo Consulado do Equador, foram as obras realizadas na cidade ao abrigo deste programa, que contemplou ainda a recuperação e a adaptação da Vila Beatriz a Biblioteca e a Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental. Melhoramentos de alguns arruamentos da cidade foram igualmente realizados com a ajuda do Polis. Por concluir está ainda, como já referimos, o Edifício Faria Sampaio.

    NOITE DE ESPLENDOR

    NO PARQUE URBANO

    Para a noite estava marcado o grande momento desta festa de encerramento, com a actuação do Circo Acrobático Nacional da China, que trouxe até Ermesinde o espectáculo “Dreams”. O evento decorreu no anfiteatro do Parque Urbano, que em toda a sua história nunca havia registado uma enchente tão grande como nesta noite. De facto, a ocasião não era para menos, pois em palco estiveram alguns dos melhores acrobatas do mundo. Acrobacias inacreditáves, como por exemplo 12 artistas equilibrados em cima de uma só bicicleta, ou a segurar uma série de bandejas repletas de copos, foram alguns dos extraordinários números que dexaram o público de boca aberta. A noite terminou com um espectáculo multimédia, com uma combinação de luz, cor e fogo, que incluiu um video ( projectado numa das paredes do restaurante do parque) das obras realizadas no âmbito do Programa Polis em Ermesinde.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.