Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-05-2005

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL – CAMPEONATO NACIONAL DA 3ª DIVISÃO – SÉRIE B

    Época termina com objectivo alcançado

    Depois de uma época repleta de sobressaltos, com indecisão na tabela quase até ao fim da prova, o Ermesinde festejou com os seus adeptos a manutenção na terceira divisão, num ano que se previa difícil, devido à melindrosa situação financeira que o conjunto de Sonhos atravessa. Na próxima época aguarda-se um Ermesinde mais sólido e coeso, para que pelo menos a manutenção seja uma certeza da primeira à última jornada. Por agora, restam as férias…

    O Ermesinde terminou a prova em casa, diante do Tirsense, isto já depois de ter garantido a permanência duas jornadas antes, consolidando essa certeza com a vitória por 1-3, alcançada na jornada anterior na deslocação ao terreno do Santa Marta.

    Foto Manuel Valdrez
    Foto Manuel Valdrez
    Assim, este jogo serviu para confraternizar com os adeptos e para cumprir calendário, sendo esse aspecto reflectido na forma descontraída como o jogo foi abordado por parte de ambas as equipas.

    José Augusto aproveitou este facto para premiar alguns dos seus jogadores menos utilizados, alterando substancialmente a equipa habitualmente apresentada, mantendo no entanto o enorme querer e vontade que em grande parte da temporada foi evidenciado por parte dos atletas ermesindenses. Tirando proveito destas alterações, o Tirsense assumiu a dianteira do marcador logo aos 17 minutos, por intermédio de Everton. Apenas dez minutos volvidos e o Tirsense volta a aproveitar a menor experiência a aumenta a vantagem para 0-2, desta vez por intermédio de Adriano. A partir daqui os jovens ermesindenses soltaram-se um pouco mais e começaram a controlar a partida, surgindo o primeiro sinal de inconformismo ao minuto 36, quando Carlitos vê o guardião contrário evitar o seu remate com uma defesa de grande nível. Ao intervalo o marcador registava 0-2 favoráveis ao Tirsense. Na segunda parte o Ermesinde surgiu transfigurado para melhor, após algumas alterações efectuadas por parte do técnico local. Apesar de dispor de algumas ocasiões para marcar, o guardião Juliano mostrou-se sempre em excelente nível, ficando a dever-se a este o facto de o Ermesinde apenas ter alcançado a baliza contrária com êxito por uma ocasião, e apenas quando restavam cinco minutos para o final do tempo regulamentar, sendo Eládio o autor do tento ermesindense.

    Como rescaldo, conclui-se que o Ermesinde tudo fez ao longo da temporada para alcançar a manutenção, tendo esse objectivo sido alcançado com inteiro mérito e justiça.

    No Estádio de Sonhos, com a arbitragem de Fernando Ferreira, de Coimbra, alinharam e concretizaram:

    ERMESINDE (1) – Filipe, Hélder, Hugo, Pinhal e Ni, Eládio, André, Ramalho (Tiago Carvalho, 74’) e Leça (Mendes, 46’), Carlitos e Paulo (Vítor, 74’). TREINADOR: José Augusto.

    TIRSENSE (2) – Juliano, Sílvio, Filipe e Alves, Marco Lourenço e Daniel, Gil (Pinto, 82’), Tiago, Washington e Everton (Hugo Cruz, 88’), Adriano (Vilaça, 88’) e Braga. TREINADOR: Américo Soares.

    Marcadores: Everton (17’), Adriano (27’) e Eládio (85’).

    Cartão amarelo a: Hélder (20’) e Sílvio (23’).

    Por: Pedro Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.