Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-12-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 28-02-2005

    SECÇÃO: Local


    Casos do Dia a Dia

    TAXISTA ASSALTADO SOB AMEAÇA POR QUATRO "PASSAGEIROS"

    No dia 14-02-05, cerca das 01h00, na Rua da Castanheira, Rio Tinto, Gondomar, um motorista de táxi, de 45 anos de idade e residente naquele concelho, foi assaltado por quatro indivíduos, do sexo masculino, que transportava como passageiros.

    Os “clientes”, aparentando idades entre os 17 e os 25 anos, entraram no referido veículo de aluguer de passageiros na Rua Américo de Carvalho, Fânzeres e, na supracitada artéria, sob ameaça de arma branca, roubaram ao motorista a quantia de 85 euros e um telemóvel, que não foi avaliado.

    Após o ilícito, os assaltantes puseram-se em fuga, a pé, antes do que retiraram as chaves da ignição do táxi, lançando-as para longe e por forma a evitar uma eventual perseguição.

    O taxista não sofreu qualquer ferimento.

    Apesar das diligências efectuadas pelos elementos policiais que se deslocaram ao local, até ao momento, não foi possível localizar os quatro indivíduos.

    ESTUDANTES ASSALTADOS POR TRÊS INDIVÍDUOS

    No dia 14-02-05, cerca das 18h30, um estudante de 15 anos de idade e residente no Porto, caminhava na Travessa da Cavada Nova, Rio Tinto, Gondomar, na companhia de três colegas, quando foram surpreendidos por três indivíduos do sexo masculino, aparentando cerca de 18 anos de idade, que os assaltaram.

    Conforme o descrito pela mãe do jovem de 15 anos, às 19h45 e na Esquadra de Rio Tinto da PSP, um dos assaltantes, sob ameaça de uma arma branca, roubou ao filho um telemóvel no valor de 300 euros.

    Ainda segundo o menor que comunicou o facto, os seus três colegas foram igualmente roubados pelos indivíduos e nenhum deles sofreu qualquer ferimento.

    Diligências realizadas para localizar os indivíduos, até ao momento, resultaram infrutíferas.

    ASSALTO A ESTABELECIMENTO ARROMBADO COM UMA VIATURA

    No dia 18-02-05, pelas 03h45, a PSP foi alertada para o facto de um estabelecimento de comércio de material electrónico, sito na Rua do Meiral, Rio Tinto, se encontrar a ser assaltado.

    Testemunhas do ilícito informaram os agentes, que se deslocaram ao local, que uma viatura Toyota Hiace, de cor azul, arrombou o gradeamento de segurança e a porta principal de acesso ao estabelecimento.

    Seguidamente, saíram da viatura indivíduos encapuzados que entraram na casa comercial e subtraíram dali um televisor de ecrã tipo plasma.

    Enquanto isso, no exterior, permaneceram dois indivíduos igualmente encapuzados e armados com armas de fogo, que realizaram alguns disparos de intimidação.

    O facto foi comunicado à Polícia Judiciária, que esteve no local e recolheu os invólucros ali recuperados, assumindo a investigação da ocorrência.

    AMEAÇAVA PESSOAS COM ARMA DE FOGO ILEGAL

    No dia 20-02-05, pelas 20h20, na Rua João Elias, Valongo, foi detido um indivíduo do sexo masculino, de 41 anos de idade, marceneiro e residente em Paços de Ferreira.

    A PSP, na sequência de uma denúncia efectuada, dando conta de que se encontrava um indivíduo a ameaçar pessoas utilizando para o efeito uma arma de fogo, deslocou-se para o local num carro-patrulha da Esquadra da Polícia de Segurança Pública de Valongo.

    Os agentes policiais interceptaram o marceneiro quando o mesmo abandonava o referido local numa viatura ligeira de passageiros, de marca Renault de cor branca.

    O indivíduo, ao aperceber-se da aproximação policial, procurou dissimular algo debaixo do banco da viatura. Veio a verificar-se que o mesmo tinha na sua posse uma arma branca, assim como se constatou que o objecto dissimulado era uma arma de fogo adaptada de calibre de 8 mm, para calibre de 6,35mm, contendo no seu interior um carregador com sete munições do mesmo calibre, que lhe foi apreendida.

    O marceneiro não possui licença de uso e porte de arma, assim como não apresentou título legal que o habilite à prática de condução de automóveis.

    Na Esquadra de Valongo, compareceu um indivíduo, do sexo masculino, de 24 anos de idade, desempregado e residente em Valongo, que formalizou queixa contra o identificado, por este ter proferido ameaças de morte com recurso a arma de fogo.

    O arguido foi presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Valongo.

    DETIDOS POR FURTO DE VEÍCULO AUMOMÓVEL

    No dia 21-02-05, pelas 13h50, na Rua Particular da Estrada Nova, Rio Tinto, Gondomar, foram detidos dois indivíduos do sexo masculino, ambos de 21 anos de idade, canalizadores e residentes, respectivamente, em Gondomar e Ermesinde, por furto de veículo automóvel.

    Agentes da Esquadra de Rio Tinto surpreenderam os “canalizadores” na referida artéria, fazendo-se transportar numa viatura Peugeot 205, de cor cinzenta, que constava para apreender por ter sido furtada entre 17/18 de Fevereiro de 2005, conforme denúncia formalizada pelo proprietário na Esquadra da Polícia de Segurança Pública de Ermesinde.

    Foram apreendidos, entre outros artigos: dois blusões em pele; uma caixa de ferramentas; três mochilas; um par de sapatos; duas malas de transporte de CD’s; 37 CD’s de música; uns binóculos; um comando electrónico, aparentemente de garagem; um monitor de computador; uma caixa de auto--rádio; um auricular e uma navalha, que se encontram no interior da viatura e que o seu proprietário referiu não lhes pertencerem.

    Os detidos, já referenciados pela prática de ilícitos contra o património, foram presentes ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto.

    DETIDO POR FURTO NO INTERIOR DE UMA RESIDÊNCIA

    No dia 27-02-05, pelas 01h30, na Rua António Pimenta Elias, Valongo, foi detido um indivíduo do sexo masculino, de 19 anos de idade, distribuidor e residente naquele concelho, por furto no interior de residência.

    O identificado foi entregue a esta Polícia por um cidadão de 42 anos de idade, residente naquela artéria, que o surpreendeu no interior da sua habitação, onde se introduziu após abrir o portão, forçar a persiana de uma das janelas e abrir a vidraça desta.

    O indivíduo tinha já na sua posse uma caixa com dez relógios, no valor de 5 000 euros, dois telemóveis, que não foram avaliados, uma máquina fotográfica digital no valor de 1 000 euros, um porta-moedas, uma volta em ouro avaliada em 300 euros, um par de óculos de sol e um computador portátil no valor de 2 000 euros.

    O distribuidor, para abrir o aludido portão, usou uma das chaves que tinham sido furtadas do interior do veículo do lesado, no dia 24 do corrente mês.

    O detido foi presente ao Tribunal de Valongo.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.