Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 25-06-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-05-2024

    SECÇÃO: Cultura


    Manuel Freire foi o convidado especial do “Manifestum Valongo 2024”

    MANUEL FREIRE INTERPRETANDO A SUA "PEDRA FILOSOFAL"
    MANUEL FREIRE INTERPRETANDO A SUA "PEDRA FILOSOFAL"
    No âmbito do “Manifestum arte de dizer 2024”, o Fórum Cultural de Ermesinde encheu-se para receber no passado dia 1 de maio o espetáculo de apresentação final do Laboratório de Leitura Poética “HÁ PALAVRAS QUE NOS BEIJAM”, nível II.

    Para além dos formandos e da formadora Ana Celeste Ferreira, acompanhados do pianista Ricardo Caló, o espetáculo contou neste ano com a participação do convidado especial Manuel Freire.

    Antes de começar o espetáculo propriamente dito, ouviu-se a intervenção do presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, que referiu a relevância que esta autarquia vem dando à cultura e à arte, com o apoio à edição de livros, e desde há seis anos a esta parte, à poesia e à arte de dizer, apoiando empenhadamente o “Manifestum arte de dizer”, que muito valoriza a palavra, bem dita, em língua portuguesa.

    Ainda antes do espetáculo, propriamente dito, Isaque Ferreira entrevistou o convidado, Manuel Freire. Ficámos a saber que nasceu a 25 de abril de 1942 e é uma das figuras de proa de uma geração de músicos de intervenção que cantou a Revolução dos Cravos. No dia 25 de Abril de 1974, o irmão que era da Força Aérea, telefonou-lhe e disse-lhe “Gostaste da prenda?”, referindo-se obviamente à Revolução, no dia do seu aniversário, que trouxe grande alegria a Manuel Freire, um homem da oposição ao regime.

    Depois de cantar uma primeira canção e de ler um poema do seu amigo Martinho Marques, Manuel Freire terminou o espetáculo com a interpretação da sua “Pedra Filosofal” – um poema do seu amigo António Gedeão (pseudónimo de Rómulo Vasco da Gama de Carvalho) que ele musicou e cantou pela primeira vez em 1970 e que se tornou, desde então, uma espécie de hino da resistência contra o Estado Novo.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].