Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-07-2023

    SECÇÃO: Destaque


    Noite Branca e dos Bombos de Ermesinde continua a subir degraus em popularidade e afluência

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    Foi, à semelhança do que tem sido nos últimos anos, o ponto alto das comemorações de mais um aniversário, neste caso o 33.º, da elevação de Ermesinde a Cidade. E para além disso foi um apontamento cultural que continua a provar que é já a grande e mais aguardada festa anual da nossa terra. Referimo-nos à Noite Branca e dos Bombos, evento organizado conjuntamente pela Associação Académica e Cultural de Ermesinde (AACE), pela Junta de Freguesia de Ermesinde e pela Câmara Municipal de Valongo (CMV), e que no passado dia 15 de junho (e parte da madrugada do dia 16) juntou algumas dezenas de milhares de pessoas em diversas ruas/praças ermesindenses.

    De facto, de ano para o ano o que se tem verificado é que o nível de participação popular da festa tem aumentado, não só da parte dos ermesindenses, como também de população vizinha, a julgar pela divulgação que foi feita nas páginas de redes sociais afetas a concelhos (como a Maia, por exemplo) e freguesias próximas à nossa. É caso para dizer que a Noite Branca e dos Bombos de Ermesinde já figura no mapa das grandes festas da região.

    foto
    A edição deste ano voltou a ser farta em animação e música, festa que teve início a meio da tarde quer no Largo da Estação, quer no Parque Urbano, quer ainda na Praça da Gandra, estendendo-se na parte da noite e madrugada por outras artérias, no âmbito do cortejo. Cartaz de animação e música que mais uma vez voltou a ser preenchido quase na sua totalidade pela “prata da casa”, isto é, pelas associações locais, a AACE, a Agorárte/Universidade Sénior de Ermesinde, e a Associação Desportivo e Recreativa da Gandra, sendo que a primeira delas preencheu a maior parte do cartaz com várias das suas valências ligadas à música e à dança. E voltando ao cortejo dos bombos, que foi precedido pela música de alguns DJ’s convidados, ele foi integrado por cerca de 350 figurantes, em representação das seguintes associações/entidades (por ordem de entrada no cortejo): Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ermesinde, AACE, Filhos da Pauta (oriundos de Alfena), Fanfarra de Percussão Ruxaxá de Vila do Conde, Grupos de Bombos Zés Pereiras (Penafiel), Grupo de Bombos Recezinhos de S. Mamede (Porto), Grupo de Bombos de Alfa Uf (Porto), Grupo de Bombos da Carreira (Porto), Grupo Rufinos e Rufinas (Porto), Grupo de Bombos de S. Bento de Vairão (Porto), Grupo de Bombos Zés Pereiras de Vila Nova do Corgo (Braga), Grupo de Bombos de Entre Ambos os Rios (Viana do Castelo), Grupo Lousada a Rufar, Motoclube Cavaleiros Boreales (Ermesinde), e o Ermesinde Clube de Karaté.

    Presentes neste cortejo também algumas figuras locais, entre outras o presidente da JFE, João Morgado, e a vice-presidente da CMV, Ana Maria Rodrigues.

    foto
    .

    foto
    .

    foto
    .

    foto
    .

    foto
    .

    .

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].