Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 28-02-2023

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL

    Ermesinde 1936 está em apuros no campeonato!

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    Nem uma única vitória alcançada no mês que agora finda! Eis a performance da principal equipa do Ermesinde 1936 nas provas da Associação de Futebol do Porto (AFP). Este cenário ganha contornos preocupantes atendendo a que o conjunto da nossa cidade está neste momento a pisar a linha vermelha da Série 2 da Divisão de Elite da AFP, o mesmo será dizer, está em cima da chamada “linha de água” que separa porto seguro do abismo, ou seja da despromoção. Em termos mais concretos os ermesindistas ocupam o 14.º lugar da tabela com 17 pontos, os mesmos que o primeiro clube posicionado em zona de despromoção, o Sobrado. Isto, quando estamos a oito jornadas do final do campeonato e há pois que arrepiar caminho até à almejada manutenção no principal escalão do futebol distrital.

    Em termos mais exatos o Ermesinde 1936 somou três desaires para o campeonato e um para a Taça da AFP. A derrota mais recente aconteceu no último domingo (dia 26) em Freamunde, em partida referente à 22.ª jornada. Carlão, aos 36 minutos, e Xandão, ao minuto 66, deram o triunfo (2-0) aos capões, aplicando assim o 11.º desaire aos pupilos de Vítor Leal e agravando a crise de resultados positivos dos ermesindistas que vivem desta forma a sua pior fase no campeonato. Por outras palavras, os verde-e-brancos já não sabem o que é vencer desde 15 de janeiro passado, e levam já cinco derrotas consecutivas nesta Divisão de Elite.

    Em Freamunde as equipas alinharam da seguinte forma: Freamunde: André, Pedro Duarte (Dani, 85), Xandão, Vieira, Huguinho, João (Branco, 65), Carlão (Diogo Reis, 75), Edu (Gerson, 85), Guzman, Korta, e Rafinha. Treinador: Tonanha.

    Ermesinde 1936: Marino, Tiago Teixeira (Palhares, 71), Rafael Rito (João Fernandes, 71), João Machado, Miguel Rosa, Ricardo Pinto, Edgar (Bruno Silva, 46), André Rocha (Luan, 85), Cláudio Neves, Diogo Cunha, e Herdeiro. Treinador: Vítor Leal.

    Na ronda 21 - realizada a 15 de fevereiro - o Ermesinde 1936 recebeu uma das equipas que segue num dos dois lugares que dão acesso à fase de subida, no caso o Aliados de Lordelo. E a turma do concelho de Paredes levou para casa os três pontos, na sequência de um triunfo por 3-1 (jogo das imagens). Logo aos seis minutos João Moreira adiantou os forasteiros no marcador, sendo que ainda antes da saída para o descanso Carlos Neto ampliou a vantagem. Ao minuto 70, Wagner praticamente sentenciou a partida com o 3-0, de nada valendo o tento de Cláudio Neves a cinco minutos dos 90 regulamentares.

    foto
    As equipas jogaram da seguinte forma: Ermesinde 1936: Marino, Marcelo, João Machado, Rafael Rito (Romário, 46), Tomás Mota, Ricardo Pinto, Edgar (Derek, 70), André Rocha, Cláudio Neves (Palhares, 85), Diogo Cunha, e Herdeiro. Treinador: Vítor Leal.

    Aliados de Lordelo: Coelho, Mário Sérgio, Nuno Monteiro, Vilaça, João Moreira, Nuno Andrade (Michael, 80), João Dias, Silvério (Tshabalala, 65), Wagner (Márcio, 75), Chico (Andrém 65), e Carlos Neto (Bruno Silva, 75). Treinador: Calica

    E na jornada número 20, realizada no dia 5 de fevereiro, a turma de Sonhos foi a Barrosas, de onde saiu derrotada por 1-0. Oliveira, aos 55 minutos, marcou o único tento de um encontro que teve ainda duas expulsões, uma para cada lado: Yuran, aos 65 minutos para a equipa da casa, e Castro, aos 90+4 minutos para o Ermesinde 1936.

    No Complexo Desportivo de Barrosas os dois conjuntos alinharam da seguinte maneira: Barrosas: Fabrício, Dani, Pedro Alves, Rui Moreira, Joel (Yuran, 46), Oliveira (Afonso, 56), Miguelito, Guilherme (Perry, 46), Vítor Mendes, Reinilson, e Paulinho. Treinador: Hélder Silva.

    Ermesinde 1936: Marino, Castro, João Machado, Rafael Rito, Carlitos, Miguel Rosa, Ricardo Pinto, Edgar, Romário, Diogo Cunha, e Cláudio Neves. Treinador: Vítor Leal.

    Pelo meio desta série de derrotas uma outra surgiu para os oitavos-de-final da Taça da AFP, uma eliminatória realizada a 19 de fevereiro. Dia em que o Ermesinde 1936 viajou até ao concelho do Marco de Canaveses para defrontar o S. Lourenço do Douro, tendo perdido por 2-1 e desta forma dito adeus à taça. O tento do triunfo da equipa marcoense surgiu já em cima do apito final, ao minuto 89, altura em que Alex Porto bisou e garantiu a passagem da sua equipa à ronda seguinte. André marcou o tento ermesindistas aos 25 minutos.

    As equipas alinharam com: S. Lourenço do Douro: Saná, Cláudio, Alex Porto (António, 90+2), Miguel, Edu (Adrien, 68), Cassiano, Maia (André, 90+2), Giani, (Pisco, 86), Jonas, Rothem e Anselmo. Treinador: Sérgio Magalhães.

    Ermesinde 1936: Sérgio Carneiro, Marcelo (João Machado, 50), Pepe, Castro, Tomás Mota (Miguel Rosa, 83), Ricardo Pinto (Edgar, 65), Romário, André, Cláudio Neves (Cláudio Gonçalves, 83), Diogo Cunha, e Herdeiro. Treinador: Vítor Leal.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: [email protected].