Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-06-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 20-09-2021

    SECÇÃO: Últimas


    Cabeças no Ar e Pés na Terra vão levar à cena um espetáculo que junta a arte à tecnologia

    foto
    A companhia profissional de teatro Cabeças no Ar e Pés na Terra prepara-se para levar à cena a peça ''A Alegria de Schuman'', que na voz do grupo de teatro ermesindense é uma proposta inovadora de públicos diferentes, que vai ter lugar em espaços diferentes e ao mesmo espetáculo, em que atores contracenam em tempo real, ainda que em lugares distintos. Tudo conseguido com a junção da arte e tecnologia.

    Isto irá acontecer no dia 28 de outubro, pelas 21h30, no Forúm Cultural Vallis Longus e no Centro Cultural de Campo, em simultâneo. Haverá ainda, no mesmo dia, pelas 16h apresentação destinada para a comunidade escolar.

    «A Alegria de Schuman cruza uma declaração, uma sinfonia, e os seus respetivos autores. Robert Schuman e Beethoven criaram duas extraordinárias obras num momento em que ambos assistiam ao declínio da sua vida. Schuman com a sua prisão política criou a Declaração de Paz, Beethoven com a sua surdez criou o Hino à Alegria da 9ª Sinfonia, ambos atravessando o pós Guerra Mundial, ambos usados como símbolos da Europa como nós a conhecemos», explica a companhia de teatro.

    Ambas as sessões de apresentação estão inseridas na Semana da Democracia Local, organizada pelo Município de Valongo.

    « O encenador Hugo Sousa traz para cena a proposta inovadora de públicos diferentes, estarem em espaços diferentes assistindo ao mesmo espetáculo. Os atores, Vânia Mendes e Jorge Neto, contracenam em tempo real, ainda que em lugares distintos. Tudo conseguido com a junção da arte e tecnologia. Cada sala de espetáculo estará a ser filmada para que a sua projeção seja feita na outra sala, possibilitando colocar em cena dois espetáculos que, no fundo, são o mesmo.

    Uma equipa numerosa torna possível uma criação que desafia a simbologia da história, os limites do espaço real e as possibilidades de relação e conexão de atores e público à distância. Em Janeiro e Fevereiro de 2022 o desafio de pôr em cena "A Alegria de Schuman" aumentará a distância da relação e será apresentado numa sala de espetáculo em Sremski Karlovci, na Sérvia, e em Lavarone, Treto, em Itália – uma vez mais, em simultâneo – conseguindo o verdadeiro significado de conexão além fronteira», diz ainda a companhia.

    As reservas podem ser feitas através do site casa.juventude.vb@cm-valongo.pt. Os bilhetes são gratuitos mediante reserva.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.