Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 20-09-2021

    SECÇÃO: Cultura


    foto
    FOI APRESENTADO NOS JARDINS DA VILA BEATRIZ:

    “Morrer para renascer” é o novo livro do ermesindense Filipe Bacelo

    O escritor ermesindense Filipe Bacelo tem um novo livro. Intitulada de “Morrer para Renascer” esta é a quarta obra do autor e foi apresentada no passado dia 4 de setembro nos jardins da Vila Beatriz, na nossa cidade.

    A cerimónia foi organizada pela Biblioteca Municipal de Valongo e teve a participação especial do Íriscorus, uma valência da Associação Académica Cultural de Ermesinde, e ainda dos artistas Mário Sá e Mia Trindade.

    Conforme o autor nos explicou, “Morrer para Renascer” é um encontro do próprio Filipe Bacelo com o seu passado, as suas memórias, mas sobretudo com a determinação de ser participante ativo na sua própria história e viver plenamente e com gratidão o imenso amor que hoje o preenche. “Morrer para renascer” é um livro de poesia, mas é também uma história de alguém que entre a loucura e a escuridão, procura um sentido para a vida. Afastado da pessoa que ama, vai escrevendo os seus estados de alma. O livro regista a sua evolução emocional até encontrar a harmonia, superar os seus medos e seus vícios. “Morrer para Renascer” é a viagem do Ricardo, personagem principal do romance “O Comboio das Nove”, o segundo livro de Filipe Bacelo. Podemos dizer que é a viagem de Ricardo antes de chegar ao romance. Neste mesmo livro há ainda um poema dedicado a Ermesinde, «a cidade que trago no coração», conforme frisa o autor. Diga-se que no passado dia 10 de setembro, o autor esteve presente na Feira do Livro de Lisboa para apresentar este seu novo livro e promover uma sessão de autógrafos.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.