Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 20-09-2021

    SECÇÃO: Destaque


    Carlos Magalhães lança livro de reflexão política “O Triângulo da Democracia”

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    Este livro que o autor fez questão de lançar em Ermesinde, talvez por saber que aqui, há um século, o regime republicano fez obra e deixou as suas marcas também na forma como exerceu o poder político, é uma reflexão profunda e histórica da evolução do conceito de “democracia” ao longo dos tempos, desde a “Democracia Ateniense”, há 2500 anos, até ao momento presente, passando por Roma, pela Idade Média (Cristianismo e Escolástica), pelo Renascimento, Iluminismo, Revoluções Francesa e Americana. O seu “Triângulo da Democracia” permite-nos “dialogar” com os grandes especialistas de filosofia política, ao longo de todos os tempos, equacionando os ganhos e perdas, do povo no seu acesso à política, conforme predomine a democracia direta, representativa ou deliberativa. Foi em ambiente de tertúlia, na esplanada do Parque Urbano de Ermesinde, ao fim da tarde de 15 de setembro, Dia Internacional da Democracia, que Carlos Magalhães (o autor) e Manuel Dias (o apresentador), falaram deste livro que é uma referência neste tipo de tema, que clama pela verdadeira democracia, que é como quem diz por aquela que é feita pelo povo, em seu nome e para ele. O livro pode ser adquirido junto do autor, ou do editor (MIL- Movimento Internacional Lusófono).

    foto
    Carlos Magalhães é um nome sonante no que respeita ao exercício em pleno da cidadania, pondo em causa a partidocracia, pois, segundo ele, “há mais democracia para lá dos partidos”. Está indelevelmente ligado ao MAIS – Movimento de Cidadania Independente e ao Movimento Cívico “Maia Para Todos”. Formado pela Escola Superior de Belas Artes e com o curso de Doutoramento em Estudos de Património/Museologia pela Faculdade de Letras do Porto, Carlos Magalhães tem publicado nos últimos tempos uma obra diversificada, que vai da poesia à história, passando pelo património, a arte, o fabrico de brinquedos e a pedagogia. Com uma plateia eminentemente política, houve várias intervenções, confluindo todas no reconhecimento de que “O Triângulo da Democracia” é, nesta área, uma obra de excelência que deve ser lida por quantos se interessam pela política e pela cidadania, ainda mais nesta conjuntura eleitoralista que vivemos.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.