Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-09-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2021

    SECÇÃO: Desporto


    POLO AQUÁTICO

    CPN regressa à competição mais de um ano depois

    Foto MANUEL VALDREZ
    Foto MANUEL VALDREZ
    A equipa sénior de polo aquático do CPN (na imagem) regressou à competição no passado dia 29 de maio após um interregno forçado de mais de um ano, por força da pandemia. De lá para cá (e até ao fecho da presente edição, no dia 25 de junho) a turma da nossa freguesia realizou três encontros no Campeonato Nacional da 2.ª Divisão, tendo contabilizado um empate e duas derrotas.

    Começando a revista à performance cepeenista pelos jogos mais recentes, viajemos até ao fim de semana de 19 e 20 de junho, com a ocorrência de uma dupla jornada na citada competição. No domingo, dia 20, o CPN deslocou-se a Felgueiras para defrontar o FOCA em jogo da 4.ª jornada. Foi um jogo bastante equilibrado e disputado. Uma má entrada em jogo dos cepeenistas (o primeiro período ficou 3-1 a favor da turma da casa), condicionou bastante o jogo para a equipa da nossa cidade, que ainda esteve depois a perder por 4-1, tendo conseguido marcar dois golos e recuperar para uma desvantagem mínima. A dada altura do jogo o CPN teve dois penaltis a seu favor, mas não conseguiu concretizar e que lhe poderiam ter dado a reviravolta no marcador. A não concretização desses lances afetou bastante a parte anímica da equipa e ajudou a aumentar o nervosismo que esta já vinha mostrando desde o início da partida. Nos 3.º e 4.º períodos a equipa ainda tentou reagir, criando oportunidades e marcando alguns golos, mas a turma da casa conseguiu concretizar algumas oportunidades de superioridade numérica que lhe permitiu controlar o resultado. Nestes dois períodos também começou a ser notório algum cansaço acumulado nos jogadores do CPN, devido ao jogo do dia anterior. O resultado final deste encontro em Felgueiras cifrou-se numa vitória do FOCA por 9-6. Nesta partida os golos dos cepeenistas foram apontados por David Silva (3), Gonçalo Moura (2) e João Pedro Machado (1).

    No dia anterior (19 de junho) o CPN deslocou-se ao Porto, à Piscina do Fluvial Portuense, para defrontar a turma B local em jogo da 3.ª jornada.

    Tal como o encontro com o FOCA, este foi um jogo muito equilibrado e bastante disputado. O CPN iniciou bem a partida, apesar de ter entrado a perder por 0-1, aguentando a pressão inicial e conseguindo superiorizar-se à equipa da casa logo no 1.º período, que terminou 2-3 a favor dos ermesindenses. No 2.º período a equipa cepeenista manteve o ritmo e conseguiu alargar a vantagem para 4 golos (2-6), criando oportunidades mais do que suficientes para conseguir dilatar ainda mais essa vantagem, mas em vez disso acabou por sofrer o 3-6. No 3.º período o CPN entrou mal, sofrendo dois golos quase de rajada, aos quais conseguiu responder prontamente após um “time-out” com uma “jogada estudada” bem concretizada. Após esse golo a equipa conseguiu manter o ritmo que já trazia dos dois primeiros períodos e acabou por alargar a vantagem, novamente para uma diferença de 4 golos (6-10). Porém, no último parcial, os cepeenistas ressentiram-se fisicamente e acabaram por fraquejar e permitir a recuperação e reviravolta do Fluvial Portuense B (12-11), tendo apenas marcado o golo do empate a três segundos do fim. 12-12 foi pois o resultado final de um encontro onde os golos do CPN foram marcados por David Silva (4), Diogo Sabino (1), João Pedro Machado (2), Gonçalo Moura (3) e João Lopes (2).

    Depois de terem estado de folga na 1.ª jornada da competição, o CPN estreou-se na mesma no dia 29 de maio, em casa, diante do Vitória de Guimarães B. Um encontro que se saldou por uma derrota para a equipa da nossa freguesia por 3-12.

    Esta foi uma partida que refletiu bem o momento atual das duas equipas, a vários níveis. A equipa ermesindense vem da tal paragem competitiva de um ano e quase três meses, sendo que desses praticamente sete meses foram de paragem total, tendo ainda perdido seis jogadores (sendo que quatro deles eram titulares), enquanto que a equipa do Vitória B veio a Ermesinde empolgada pela então recente conquista do título de campeão nacional da 1.ª Divisão por parte da sua equipa principal, em que praticamente não teve paragem de treinos desde setembro e em que vários destes jogadores da equipa B tiveram bastantes minutos na equipa A. O jogo em si até começou bastante equilibrado, com várias oportunidades de parte a parte, mas a certa altura o maior poderio físico e uma melhor rotina de jogo do Vitória B fizeram-se sentir e com isso o resultado acabou por se ir dilatando com naturalidade. Os golos do CPN neste encontro com os vimaranenses foram da autoria de David Silva, João Pedro Machado e Gonçalo Moura.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.