Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-10-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2021

    SECÇÃO: Local


    CARTAS AO DIRETOR

    Quando as sombras invadem o sol

    foto
    Conforme mostram as fotos, vamos contemplar três imbróglios: 1º, a obra foi bem paga pela câmara e mal servida? 2º o barato sai caro? (Aqui pelo que temos observado, as obras da câmara nos parecem todas elas bem pagas). 3º O cerne da situação, é que este espaço, foi reconstruído há pouco tempo e é um espaço para circulação de pessoas, não para parqueamento de latas, como se podem comprovar diariamente, sem qualquer intervenção das autoridades. Pudera, até os nossos polícias nos tiraram e os que vêm do Alto da Maia vêm de corrida e são quase como os OVNYS, poucos os veem, dando azo aos abusos e bandalheira nos estacionamentos indevidos e impunes. E quem se lixa é o mexilhão inundado de taxas e taxinhas, para serem remendados estes demandos. Esta situação pontual e registada, situa-se no LARGO DA CANCELA, junto ao entroncamento das RUAS ELIAS GARCIA, COM A RUA RODRIGUES DE FEITAS. Com estes abusos, não há BETÃO QUE RESISTA. Mas esta novidade de embelezar algumas rampas das passadeiras que passou a ser comum, em algumas das principais artérias da cidade, (com esta direi) tijoleira avermelhada, não é necessário colocar carros em cima, para começarmos a ver já deterioradas por aí, algumas com o desplante de se partirem. Pergunto, para quê serem destruídas rampas de passadeiras em paralelos, que se encontravam em ótimo estado, por estas só para serem bonitas e vaidosas? Mas que se começam a deteriorar, mesmo ainda jovens. Dou um exemplo, só entre as ruas: CRUZAMENTO DA 5 DE OUTUBRO E DA D. ANTÓNIO CASTRO MEIRELES, até ao CRUZEIRO JUNTO À IGREJA, foram desmontadas e reconstruídas com as tabletes avermelhadas 9 RAMPAS de passadeiras (ESTAS MANTÊM-SE EM BOM ESTADO). Enquanto por esta cidade fora faltam imensas rampas e passadeiras pintadas. Ai vaidade a quanto obrigas, com as verbas dos meus impostos. PS: Se houver dúvidas quanto às passadeiras da R. D. ANTÓNIO CASTRO MEIRELES, convoquem-me, que eu vou convosco assinalá-las. MORAM DEBAIXO DO MEU VENERÁVEL NARIZ. Na próxima vou contar como a EXª CÂMARA (ATROPELA) o CÓDIGO DA ESTRADA.

    JOÃO DIAS CARRILHO

    C.C. 45 45 02

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.