Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2021
Jornal Online

SECÇÃO: Destaque


Câmara de Valongo quadruplica capacidade do Centro de Recolha de Animais

Fotos CMV
Fotos CMV
A Câmara Municipal de Valongo vai quadruplicar a capacidade do Centro de Recolha Oficial de Animais (CROA) do Centro Veterinário Municipal de Valongo, que passará a ter 59 jaulas e uma área total de 832 metros quadrados, que incluirá uma piscina para os cães.

A autarquia avança que «o projeto está concluído e a empreitada está orçada em 100.000 euros. Serão cumpridos os mais altos padrões de bem-estar animal. Cada jaula será individual, com área abrigada e descoberta, com exposição solar e corta-vento, com bebedouros automáticos e duas grelhas de recolha de dejetos. No exterior, além piscina para lavagem e/ou refrescamento dos animais, foi prevista uma área circular de exercício».

«Dentro de alguns meses, teremos mais 44 novas jaulas e mais espaço para conseguirmos dar mais resposta ao problema do aumento do número de animais errantes no concelho», anunciou o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, que no dia 10 de março acompanhou a finalização do projeto, nas instalações do Centro Veterinário Municipal.

Paralelamente, revelou o autarca, para diminuir o nascimento de ninhadas e subsequente abandono, a autarquia vai também implementar um programa solidário de esterilização dos animais de pessoas carenciadas. «É um processo muito simples. As famílias só têm de solicitar na respetiva Junta de Freguesia o atestado de insuficiência económica e a Câmara Municipal oferece o cheque veterinário da esterilização», explicou o autarca, referindo que já estão disponíveis para colaborar nesta iniciativa 7 clínicas veterinárias do Concelho de Valongo.

foto
«Valongo continua a destacar-se como uma das autarquias na vanguarda do bem-estar dos seus animais», concluiu José Manuel Ribeiro, recordando que no atual ciclo governativo esta é já a segunda ampliação do CROA, que em 2018 duplicou a capacidade passando a poder albergar no total 30 animais.

Além das medidas anunciadas, a autarquia continua a apostar na adoção dos animais recolhidos no CROA do Centro Veterinário Municipal, em Campo, onde funciona uma autêntica «Praça da Adoção».

A todos os animais adotados através do Centro Veterinário Municipal, é oferecida a esterilização, a vacinação antirrábica, a desparasitação e o dispositivo de identificação eletrónica (microchip). Em média, a autarquia gasta 100 euros por cada animal que entrega para adoção.

De salientar que a Câmara Municipal Valongo foi a primeira autarquia a nível nacional a esterilizar animais para adoção no próprio Centro de Recolha Oficial, em 2006. A esterilização estende-se agora também a colónias de animais errantes (CED), sobretudo de gatos, como forma de controlar a reprodução dos animais errantes.

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.