Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-12-2020
Jornal Online

SECÇÃO: Destaque


COVID-19 - Situação em Portugal, no concelho e no mundo (Dados de 21/12/2020)

Podemos continuar a dizer que a pandemia em Portugal está em fase de regressão. O número de Novos Doentes Baixa. E se compararmos com o gráfico do último número deste jornal facilmente se verá que a linha de tendência é mais oblíqua do que há quinze dias. Isto significa que a resolução está a ganhar força, isto é, a situação está a melhorar cada vez mais. Mas este abrandamento ainda não chegou aos hospitais, pois o número de doentes internados ainda não baixou de forma significativa e sustentada.

foto

De novo, se compararmos com o gráfico apresentado há 15 dias, vemos que a linha de tendência, embora ainda ascendente, agora é quase horizontal. Isto significa uma diminuição do número de novos doentes internados. A nível das Unidades de Cuidados Intensivos a diferença é menor, sendo que o número de doentes internados em UCI tem-se mantido estável. Pelo menos não aumentam…

foto

Ao nível do Grande Porto a situação também se apresenta risonha, pois mantém-se a baixa generalizada do número de Novos Doentes. Isto só não acontece em dois concelhos: Amarante e Marco de Canaveses. Em Baião a situação inverteu-se e já está em regressão. O concelho de Valongo apresenta uma incidência acumulada de 639 novos doentes por 100.000habitantes, o que o coloca na classificação de Risco Muito Elevado (de 480 a 960 casos por 100.000 habitantes). Mas este número está a baixar. Valongo é um concelho particularmente vulnerável, pois tem ligações familiares e laborais com grande parte dos concelhos do Grande Porto. Há que estar atento e ser cuidadoso.

Os sacrifícios continuam a dar fruto.

foto

No mundo as coisas não irão muito diferentes de cá. Gostaria de ter os números dos Novos Casos por 100.000 habitantes, mas só disponho do acumulado (total de casos desde o início da pandemia) por 100.000 habitantes. O objetivo das medidas de contenção é que as barras verticais fiquem do mesmo tamanho da anterior. Isso significaria 0 Novos Casos. Ainda estamos longe desse dia.

Portugal alinha pela média do painel de países em análise.

foto

Finalmente em matéria de óbitos por 100.000 habitantes (também acumulado), Portugal continua a apresentar um relativamente baixo número de óbitos comparável à situação dos Países Baixos. Foi acrescentada a situação da Suíça, pois também se trata dum país com fortes ligações a Portugal através da emigração.

foto

Em resumo. A situação não está boa em parte alguma. Mas no concerto das nações nem nos podemos queixar muito. Devemos continuar a cuidar de nós próprios e dos outros.

José Campos Garcia (médico)

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.