Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-10-2020
Jornal Online

SECÇÃO: Destaque


Seminário do Bom Pastor acolhe Centro de Retaguarda para doentes com Covid-19

Foto CMV
Foto CMV
Foi instalado no Seminário do Bom Pastor, em Ermesinde, um Centro de Retaguarda para doentes com Covid-19. O espaço vai ter 50 camas numa primeira fase e pode aumentar capacidade até 80.

A autarquia de Valongo está a apoiar logisticamente este centro, estando envolvidos nesta fase cerca de 12 elementos da Proteção Civil Municipal. O Município vai também ceder roupa de cama e barreiras para a criação de corredores de segurança, estando a ser articulado com a Lipor o apoio para a eliminação correta dos resíduos contaminados.

O presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro, e o Ecónomo Diocesano e Reitor do Santuário de Santa Rita, Padre Samuel Guedes, acompanharam a 20 de outubro (como comprova a imagem) no Seminário os trabalhos de adaptação do edifício. O presidente da autarquia agradeceu ao Bispo do Porto, D. Manuel Linda, a cedência destas instalações, que também já tinham sido disponibilizadas na primeira vaga da pandemia, mas que não chegaram a ser utilizadas.

«Sinceramente, o que gostaria era que estas instalações não fossem necessárias, mas sendo, que estejam prontas o quanto antes. Como autarca fico muito contente que Valongo, mais concretamente a cidade de Ermesinde, possa ajudar neste combate que é um combate global e sem fronteiras. E é justo que se faça um agradecimento muito grande à Diocese do Porto que teve a grandeza de disponibilizar estas instalações», salientou José Manuel Ribeiro, apelando à responsabilidade individual no cumprimento das medidas de prevenção, de modo a reduzir a pressão que já se faz sentir nos hospitais.

O espaço servirá então para receber doentes em condições de continuar a recuperação fora dos hospitais, mas que não tenham retaguarda ou condições em casa ou nas instituições onde vivem.

A montagem do centro iniciou-se na terça-feira (dia 20 de outubro) para estar pronto e a receber doentes no final dessa semana, segundo disse à Lusa o presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil do Porto, Marco Martins.

O também presidente da Câmara de Gondomar acrescentou que «caberá à ARS-N sinalizar junto dos hospitais quais doentes podem ser transferidos para o seminário, isto para libertar camas nas unidades hospitalares».

 

 

este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
© 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.