Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2020

    SECÇÃO: Local


    CORREIO DO LEITOR

    Jesus não me protegeu as fontes da vida

    foto
    Todos ficamos a perder; exceto talvez o negócio dos PARCÓMETROS. Na semana da Páscoa; cerca das 09h00 vasta equipa de motosserra nas unhas começou a cortar as árvores mais lindas de ERMESINDE e em cerca de 3/4 de hora, todas as que existiam em frente ao cemitério Nº1 estavam todas abatidas e levadas para local incerto. Fiquei intrigado com a rapidez em que se desfizeram deste lindo quadro de Ermesinde.

    Mas não custa acreditar que o destino das infelizes, terá sido a LIPOR, para gáudio dos acionistas. Suponho que a MACABRA ideia será o aumento do parqueamento PAGO. Assim em vez de árvores que ajudavam a um ambiente saudável, ficamos com um belo parque aumentado das divinas ÁRVORES DAS PATACAS POLUENTES. Também nem ao diabo lembra plantar arvoredo nas baias de estacionamento; depois dá nesta miséria. Mas gente inteligente é outra loiça. A borrada da luminosa ideia até poderia ser aceitável e não era preciso ser muito inteligente. Esta medida deveria ser tomada em tempo (ÚTIL) de poderem estas infelizes, ser removidas e replantadas no jardim frente à Igreja. TALVEZ (?) S. LOURENÇO FIZESSE O MILAGRE DE ALGUMAS NÃO SE PERDEREM. E ao longo dos anos o arvoredo ali tem desaparecido, sem cuidarem de as substituir, pois ali se encontram os cepos e uns anões secos arbustos. Já vai parecendo a AMAZÓNIA DO BOLSONARO. Mas para estas medidas é necessário que os responsáveis pensem com a cabeça e não com os pés e não na florescente ganância PARQUIMÓIDE. Fiquei triste, pois quando vim morar para esta cidade que se deseja BELA as mártires árvores ainda eram bebés. Agora já eu estou velhote e consolei-me vários anos com as suas lindas flores ao início da primavera, com o seu lindo manto de folhas bordeaux e de pequena dimensão, que não entupiam os cursos de água e ainda os seus lindos frutos vermelhos que alguns degustavam. Era a SANTA PÁSCOA; onde há mais de 2.000 anos os idiotas mataram Jesus. Hoje as minhas saudosas não morreram de pé. FORAM ASSASSINADAS PELA MOTOSSERRA GALOPANTE. As maldades que se vão praticando, com o nosso arvoredo, não se ficam por aqui. Estou munido de fotos em que o posso comprovar. Devido ao espaço disponível hoje apenas junto uma linda foto do antes e depois da barbaridade. Não se precisa óculos para descortinar a borrada.

    Texto e Fotos: João Dias Carrilho (C. C. 454502)

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.