Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-06-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-05-2020

    SECÇÃO: Últimas


    IMAGEM 3D DA OBRA APÓS SER CONCLUÌDA
    IMAGEM 3D DA OBRA APÓS SER CONCLUÌDA

    Requalificação do Pavilhão da Bela vai avançar

    Na primeira reunião pública presencial do Executivo da Câmara Municipal de Valongo (CMV) dos últimos cerca de três meses, após o Estado de Emergência “imposto” pela pandemia, Ermesinde foi brindada com uma boa notícia. E uma boa nova que foi dada precisamente na nossa Cidade, já que esta reunião – realizada ontem (4 de junho) - teve lugar no Fórum Cultural de Ermesinde, e que se prende com a reabilitação/requalificação do Pavilhão da Bela. A adjudicação da obra foi aprovada por unanimidade na sessão camarária, obra que implica um investimento municipal de aproximadamente 1 milhão de euros. As obras deverão ser consignadas até ao final do mês e o prazo de execução é de 270 dias.

    «Finalmente vamos começar a reabilitação do Pavilhão da Bela, que vai ser dotado de condições modernas e adequadas para a prática desportiva», começou por dizer o presidente da CMV, José Manuel Ribeiro, acrescentando que “vai ficar uma obra espantosa». Disse ainda que «em boa hora chegamos a acordo a Junta de Freguesia de Ermesinde que cedeu ao Município a propriedade deste equipamento que depois de reformulado vai ficar ao serviço de toda a comunidade que há muito reclamava um espaço digno para a prática desportiva», afirmou o autarca nesta primeira reunião de câmara pública pós Estado de Emergência, como já foi dito e que se realizou no Fórum Cultural de Ermesinde para garantir as medidas de segurança necessárias para prevenir a Covid-19.

    foto

    Por sua vez, Paulo Esteves Ferreira, o vereador das Obras Municipais e que também tem a seu cargo o pelouro do Desporto, lembrou que este pavilhão não reunia as condições para a prática desportiva e agora com esta reabilitação Ermesinde e o concelho vão ser dotados de um novo espaço desportivo que, segundo o vereador, é bem preciso, «porque nós temos, felizmente, muitas associações desportivas, todas elas com uma dinâmica ímpar e até de louvar, e nós não temos espaços suficientes para tantas horas que nos são requeridas. E finalmente, vamos avançar com esta reabilitação que dotará aquele espaço de todas as condições modernas e necessárias para a prática desportiva, mas que também vai dar um novo alento aquela zona da Bela, porque além da reabilitação do pavilhão teremos a reabilitação daquela praça em frente (ao pavilhão)».

    IMAGEM 3D DA OBRA APÓS SER CONCLUÌDA
    IMAGEM 3D DA OBRA APÓS SER CONCLUÌDA

    O vereador recordou ainda que o concurso para a empreitada ficou deserto por duas vezes. «Finalmente conseguimos à terceira. Tivemos 26 concorrentes, quando nas outras duas não apareceu ninguém». Refira-se que o concurso foi ganho pela empresa Empribuild, Ld.ª, sendo o contrato a celebrar «pelo valor de 925.834,96 euros, o qual se situa 10,11% abaixo do preço base», lia-se no documento disponibilizado pela autarquia.

    As obras no Pavilhão da Bela incluem a construção de novos balneários e a reformulação integral do recinto desportivo que passará a permitir a prática de diversas modalidades desportivas, designadamente futsal, andebol e basquetebol, salienta autarquia.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.