Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-06-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-05-2020

    SECÇÃO: Destaque


    EVOLUÇÃO DA PANDEMIA NO CONCELHO DE VALONGO

    Ermesinde continua abaixo da média concelhia

    O município de Valongo apesar de todas as medidas que têm sido tomadas pelas autoridades do concelho com competências no domínio da proteção civil continua, infelizmente, a ser dos concelhos do país e do Grande Porto aquele que apresenta resultados mais preocupantes.

    foto
    Desta vez elaborámos um gráfico para a evolução global de infetados no município de Valongo por semanas, desde que começámos a ter dados discriminados por concelho (24 de março de 2020) até ao momento atual (23 de maio de 2020), ou seja 2 meses: que incluem o estado de emergência, até 2 de maio, e desde 3 de maio, o estado de calamidade.

    Em 24 de março, de acordo com os dados da Direção-Geral de Saúde (DGS), o concelho de Valongo tinha 65 infetados; na semana seguinte (2.ª - 28-03-2020) já tinha 139, na 3.ª semana (dados de 04-04-2020) havia 320 infetados; na semana seguinte (4.ª - 11-04-2020) o n.º de infetados subiu para 464; na 5.ª semana (18-04-2020) passaram a ser 580; na 6.ª semana (25-04-2020) os infetados somavam 660; na 7.ª semana (02-05-2020) chegou aos 729 infetados; a partir daí o crescimento do n.º de infetados, de semana para semana, vem diminuindo, na 8.ª semana (09-05-2020) havia 737 infetados; na 9.ª semana (16-05-2020) 739 infetados e atualmente (dados referentes a 23 de maio de 2020) são 755.

    Estes números transparecem claramente da análise do primeiro gráfico, vendo-se que até à 7.ª semana a intensidade do crescimento é bem maior do que de então para cá. Já o 2.º gráfico, também elaborado semana a semana, mostra o crescimento da pandemia de uma semana para a outra. Assim, a 3.ª semana (terminada a 4 de abril) mostra o maior n.º de infetados de semana para semana. Desde aí, felizmente, o n.º vem diminuindo, dando efetivas esperanças de melhores dias futuros, no que a este trágico problema respeita.

    foto
    Comparando agora os dados do concelho de Valongo, com os outros do Grande Porto, pela ordem decrescente da população infetada, temos que o nosso concelho ocupa o 1.º lugar com 0,80% dos munícipes infetados (dentro do concelho de Valongo, Ermesinde continua a ter uma percentagem abaixo da média concelhia – 0,67%); o 2.º é Matosinhos com 0,72% infetados; segue-se a Maia, com 0,69% da sua população infetada; vem, depois, Gondomar, com 0,62% de gondomarenses infetados; o 5.º é o Porto com 0,56% da sua população infetada; e, por último, Vila Nova de Gaia com 0,51% da população infetada.

    A nível de Portugal há 30 623 infetados, mas os recuperados são 17 549, pelo que o n.º real de infetados pela pandemia em Portugal neste momento andará pelos 13 074. O número de vítimas mortais em Portugal andará pelos 1316.

    A nível mundial, os dados divulgados indicam mais de 5 milhões e 200 mil infetados e mais de 340 mil mortos, cabendo os 3 primeiros lugares aos Estados Unidos (com mais de 1 milhão e 600 mil infetados e mais de 96 mil mortos), ao Reino Unido (com mais de 250 mil infetados e mais de 36 mil mortos) e à Itália (com mais de 220 mil infetados e mais de 32 mil mortos). Nesta lista, Portugal ocupa agora a 23.ª posição.

    Por: Manuel Augusto Dias

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.