Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-07-2019

    SECÇÃO: Local


    ÚLTIMA VISITA DE ESTUDO DA USE

    Os “Caminhos de Jacinto”, em Santa Cruz do Douro (Baião)

    Fotos USE
    Fotos USE
    A Universidade Sénior de Ermesinde (USE) terminou com “chave de ouro”, no passado dia 10 de julho, as suas visitas de estudo, referentes ao ano letivo 2018-2019, fazendo “os Caminhos de Jacinto”, um itinerário queirosiano retirado de “A Cidade e as Serras”, desde a Estação de “Aregos/Caldas de Aregos” até Tormes, ou Quinta de Vila Nova, a quase 3 quilómetros, sempre a subir na encosta a norte do Douro.

    Com partida programada para as 7h30 do local habitual, a comitiva de meia centena de alunos e professores da USE chegou pouco depois das 9h30 à Estação de Aregos, na linda Linha do Douro, onde começou verdadeiramente esta visita.

    Gentilmente recebidos em parte de antigas instalações daquela estação ferroviária, por pessoas ligadas à Associação de Desenvolvimento Regional “Os Caminhos de Jacinto”, com a degustação de produtos endógenos de requintado sabor e um primeiro contacto com personagens saídas de “A Cidade e as Serras”, logo iniciámos o percurso da subida, porque o dia era quente e a média de idades dos caminhantes não prometia grande velocidade. Mas, a simpática guia amenizou as dificuldades do percurso, com pequenas paragens em sombras estratégicas para ouvirmos curtos trechos da obra queirosiana em apreço que deram maior sentido ao trajeto que fazíamos. Já quase a chegar a Vila Nova (Tormes), um habitante da aldeia ofereceu água fresquinha aos caminhantes. Que bem que soube! Minutos depois estávamos na Casa da Fundação Eça de Queiroz – instituição de utilidade pública administrativa, com quase 30 anos, que promove a divulgação nacional e internacional da obra do maior nome do romance português– onde o grupo se dividiu para tornar a visita mais eficaz. Enquanto metade seguia, dentro do edifício, as explicações da guia ao encontro de Eça de Queiroz neste edifício, os restantes entretinham-se com a criada do escritor “Josefa” que encarnou bem a personagem resistindo a todas as “malandrices” de alguns dos visitantes que bem tentaram afastá-la dos tempos queirosianos, em que vive, mas sem qualquer sucesso.

    Porque o relógio mostrava que já eram horas de almoço, seguirmos para o Museu Etnográfico “A Casa do Lavrador”, onde fomos recebidos por gente vestida com trajes de há um século que nos deu boa música e boa comida. A Casa do Lavrador, museu rural e etnográfico da Associação Cultural e Recreativa de Santa Cruz do Douro, foi inaugurada a 26 de junho de 1999 e retrata fielmente a casa do camponês daquela região de inícios do séc. XX, tanto no exterior como no interior, sendo a iluminação da maior parte das divisões da casa com candeeiros. Foi aí o almoço-convívio bastante animado com música ao vivo (sem eletricidade não há música “encapotada”).

    Para a parte da tarde estava reservada a visita ao Mosteiro de Santo André de Ancede (era masculino, pertencia à antiga comarca de Trás-os-Montes, e estava sujeito à jurisdição do bispo do Porto. Era de Cónegos Regulares de Santo Agostinho até ser unido em 1559, ao Mosteiro de São Domingos de Lisboa, da Ordem dos Pregadores), começando logo, pela Capela do Senhor do Bom Despacho, uma autêntica preciosidade construída na primeira metade do século XVIII, refletindo o gosto do barroco, a começar pela estrutura octogonal do pequeno mais graciosíssimo templo cuja decoração interior resplandece em talha dourada e policromada a fazer jus à “cultura do palco” que aqui tão bem teatraliza os Mistérios de Cristo.

    foto

    (...)

    Leia esta notícia na íntegra na edição impressa.

    Nota: Agora pode tornar-se assinante da edição digital por 6 euros por ano. Após fazer o pagamento (de acordo com as mesmas modalidades existentes na assinatura do jornal impresso) deverá enviar-nos o nome, o NIF e o seu endereço eletrónico para lhe serem enviadas, por e-mail, as 12 edições em PDF.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.