Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-05-2019

    SECÇÃO: Local


    NOTÍCIAS DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE ERMESINDE

    Visita ao Dino Parque da Lourinhã

    Fotos USE
    Fotos USE
    No âmbito da disciplina de Sociedade e Cidadania a Universidade Sénior de Ermesinde (USE) realizou, no dia 15 de maio, uma visita de estudo ao Dino Parque da Lourinhã, organizada pela professora Ilda Pinheiro. Este parque é o maior museu ao ar livre de Portugal, foi inaugurado em 2018 e está inserido numa área de cerca de 10 hectares de floresta. Com atividades para todos, permite a modelagem e pintura de dinossauros, escavação de fósseis e visita guiada aos cinco trilhos ou Percursos Temáticos. A visita ao museu que acolhe uma exposição de paleontologia intitulada “Dinossauros da Lourinhã” tem a mais completa coleção de fósseis do Jurássico Superior. No edíficio central foi ainda possível a visualização do Laboratório de fósseis onde todo o trabalho científico é realizado. No museu pudemos ainda observar pegadas, ossos, ninhos e ovos originais e réplicas de dinossauros encontrados na Lourinhã.

    A nossa viagem começou bem cedo, às 7H00, em frente à Junta de Freguesia de Ermesinde, e após uma paragem técnica chegámos ao nosso destino cerca das 10H30. Aqui chegados fomos apresentados ao guia, o paleontólogo Simão Mateus que, após as boas-vindas, nos deu uma breve explicação sobre o parque.

    A partir daqui começamos a nossa aventura, na companhia do guia, pelo trilho do Jurássico, que de uma forma simples e sempre bem humorada nos foi explicando, entre outras informações relevantes, a diferença entre animais que eram dinossauros e outros que não o eram, através das caraterísticas únicas de cada espécie. Destaque especial dado aos dinossauros descobertos na região da Lourinhã como, por exemplo, o célebre Lourinhanosaurus e o Miragaia Longicollum. Pudemos observar e recolher informação de inúmeros modelos de Dinossauros e animais à escala real, que existiram há 150 milhões de anos.

    foto
    No final deste percurso passámos, ainda na companhia do paleontólogo, ao novo trilho, inaugurado em 2019, o percurso temático dos Monstros Marinhos. Aqui tivemos a oportunidade de observar cerca de 30 dos mais fantásticos animais que habitaram mares e lagos ao longo de 450 milhões de anos de evolução. É de destacar o maior tubarão e o maior crocodilo de todos os tempos, o Megalodon e o Sarcosuchos, respetivamente. Oportunidade, também, para observarmos animais que nos são contemporâneos, como o cachalote e a lula gigante.

    Seguiu-se a pausa para almoço, no bar/restaurante e área de piquenique no meio da floresta. Passámos depois ao Pavilhão de Atividades onde pudemos assistir à modelagem de dinossauros e visualização de fósseis de Wyoming. Para completar a visita fomos à descoberta dos restantes percursos. Começámos pelo trilho do Paleozoico, passámos ao trilho do Triásico e finalizámos com o percurso do Cretácico, período que terminou com a extinção dos dinossauros há 66 milhões de anos e deu início à nossa Era. Foi neste período que a Terra assumiu a forma atual.

    Como de costume tirámos a foto de grupo e de regresso a Ermesinde, ainda houve tempo para uma breve paragem no centro da vila da Lourinhã, onde podemos degustar os pastéis genuinamente Portugueses na pastelaria Lourinius. Dia muito agradável e enriquecedor em termos científicos.

    Por: Germano Castro

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.