Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-05-2019

    SECÇÃO: Destaque


    Festa de Verão

    Como é anunciado noutro local deste Jornal, o Centro Social de Ermesinde vai levar a cabo, nos dias 28 e 29 de Junho, um arraial popular, no Largo da Feira Velha.

    Trata-se das datas que correspondem à véspera e ao dia de S. Pedro, um dos Santos Populares celebrados por altura do início do Verão, aproveitando as condições excepcionais proporcionadas por esse espaço onde, durante décadas, se realizou a feira semanal da nossa terra.

    Tem sido também um objectivo do Centro Social de Ermesinde tentar restituir a esse espaço de valor simbólico tão significativo – e que constitui uma espécie de extensão territorial das principais instalações da nossa Instituição – o movimento, o dinamismo e a dinâmica de convívio que o marcou até à altura em que a feira mudou de sítio.

    Os cerca de 140 trabalhadores, os 400 utentes – quer da creche, quer do jardim de infância, quer do ATL, quer do Lar -, bem como os seus familiares, a que acrescem os formandos que frequentam o Centro de Formação, de par com o enquadramento das instalações do Lar e do Centro de Formação já vêm conferindo a esse espaço nobre de Ermesinde uma trajectória de mobilidade humana e reabilitação urbana que nos deve servir de motivo de orgulho e de estímulo.

    Esta iniciativa obedece a esse estímulo, no sentido do reforço da referida reabilitação, e tem uma dupla finalidade: por um lado, mostrar à população da nossa cidade as actividades, o trabalho e as acções de desenvolvimento social que o Centro Social de Ermesinde representa na comunidade local, particularmente nesse espaço entre a linha do Minho e o rio Leça; por outro, proporcionar aos trabalhadores, utentes, familiares, formandos e amigos, uma oportunidade de se encontrarem e conviverem neste espaço vital de identificação da Instituição, sem a pressão do trabalho ou a pressa de ir buscar os filhos aos equipamentos sociais.

    A organização do arraial popular no S. Pedro é da iniciativa e criatividade dos trabalhadores da Instituição, num exercício de voluntariado que constitui também um timbre das instituições particulares de solidariedade social e que, felizmente, não tem faltado no Centro Social de Ermesinde.

    Convido, assim, todos os leitores de A Voz de Ermesinde, órgão da Instituição, e seus familiares e amigos a frequentarem o Largo da Feira, nesses dias, a partilhar connosco os petiscos que serão servidos, à sombra dos plátanos.

    E a contribuírem também, desse modo solidário, para a sustentabilidade financeira da Instituição, para que esta possa sempre, como tem feito, mesmo em alturas de crise, assegurar às pessoas que dela necessitem a protecção social a que têm direito num País que seja civilizado.

    O Presidente da Direcção,

    Henrique Rodrigues

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.