Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-10-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-03-2019

    SECÇÃO: Local


    CORREIO DO LEITOR

    Foto JOÃO DIAS CARRILHO
    Foto JOÃO DIAS CARRILHO

    Desleixo da BEWATER - Águas de Valongo

    1º. Esta empresa BE-WATER brindou os consumidores de água com um aumento brutal e escandaloso, no M3 de água e “sus muchachos” apêndices, saneamento; receita da câmara + receita do estado. O que consta na minha faturação, referente ao valor apenas de 1M3-------faturação: NV-DZ = 8.42 euros---------- faturação: DZ—JN =10.36 euros-------------

    FEITA A PERCENTAGEM POR ALTO; RONDARÁ OS ESCANDALOSOS 20%, OU NÃO?

    Considerando que a inflação em 2018 terá rondado pouco mais de 1 %.

    Vamos à realidade, se considerarmos o desleixo em reparar as fugas de água atempadamente, talvez encontremos a razão deste brutal aumento ao consumidor.

    Assim, e com foto anexa, só da rutura maior; na Rua Eng. Armando Magalhães, frente à entrada do prédio, nº porta—227, encontra-se uma abundante fuga de água já vai mais de um mês: passo por lá todos os dias úteis, procurei informar-me no estabelecimento comercial junto e fui informado, que logo que detetada a fuga, informaram de imediato a BE-WATER, mas até hoje (14-03- 2019), continua sem intervenção.

    2. º Logo a cerca de 100 metros na R. dos Serv. Médico Sociais, encontra-se no passeio, creio que será numa caixa de derivação, mais outra fuga, mais recente, mas com tempo a mais, sem ser reparada. Amigos da WATER, não se preocupem muito P/F, DEPOIS SERÁ SÓ AUMENTAR MAIS UMA PERCENTAGENSITA AO CLIENTE; de acordo?

    Por: João Dias Carrilho

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.