Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2018
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 20-10-2017

    SECÇÃO: Cultura


    Magic Valongo voltou a juntar alguns nomes sonantes do ilusionismo internacional em Ermesinde

    Foto CMV
    Foto CMV
    Diz a máxima de há 26 anos a esta parte que em setembro o concelho de Valongo tem mais magia, facto que este ano voltou a estar em evidência na sequência de mais um Magic Valongo - Festival Internacional de Ilusionismo. A 26ª edição deste evento teve mais uma vez como palco o Fórum Cultural de Ermesinde, nos dias 22, 23 e 24 de setembro, tendo contado com a presença de cerca de 200 ilusionistas vindos de vários pontos do globo. À semelhança de edições anteriores, o Magic saiu à rua, isto é, não se confinou às paredes do fórum cultural e levou a magia à Praça da Estação - e zona envolvente -, promovendo desta forma um contacto de maior proximidade com a comunidade local, sobretudo com os muitos transeuntes que entram e saem da estação ferroviária nas chamadas horas de ponta, precisamente o período em que os ilusionistas estiveram no local. Como já foi referido, estiveram em Ermesinde cerca de duas centenas de artistas, fazendo com que durante três dias a nossa cidade fosse a capital do ilusionismo mundial. E muitos deles nomes sonantes das artes mágicas, tais como o espanhol Juan Mayoral, atual campeão mundial da FISM (Federação Internacional das Sociedades Mágicas), o português David Sousa, atual vice-campeão do Mundo de cartomagia, ou da chinesa Huang Zheng, que ostenta no seu currículo diversas distinções internacionais. Este foi igualmente um festival onde se notou uma forte presença de novos talentos do ilusionismo planetário, casos de Mago Ruben (Espanha), dos portugueses Rodrigo e Francisca Marques Vidal, ou do argentino Adrián Conde.

    Muitos destes nomes abrilhantaram as duas galas internacionais que assinalaram o ponto alto do evento, galas que contaram com plateias bem compostas, sobretudo a gala de sábado (dia 23) que tornou a sala de espetáculos do fórum pequena demais para acolher tanta gente! No rescaldo deste Magic Valongo 2017, o nosso jornal ouviu Fernando Castro, membro da organização, o qual se mostrou satisfeito pela forma como o evento havia decorrido, tendo mesmo classificado a edição deste ano como uma das melhores de sempre no que a espetáculos apresentados diz respeito. Tal como noutros anos, o evento foi ainda preenchido pela feira mágica, que decorreu durante os três dias e que de acordo com as palavras da organização foi bastante concorrida, quer em termos de participantes, quer em termos de visitantes. Por último, fazemos referência aos prémios que foram atribuídos pelo júri nos concursos de Palco e Close-Up. No primeiro concurso, os jurados decidiram não atribuir os 1º e 2º prémios, entregando o 3º prémio a Alberto Ruiz Arahal e Oscar Escalante. No concurso de Close-Up o 1º prémio foi para Hugo Gonzalez Garcia, ao passo que o 2º prémio ficou com José Manuel Arcario. O júri decidiu ainda atribuir a João Dias o prémio Incentivo.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.