Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-04-2017

    SECÇÃO: Destaque


    ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

    Coligação Unidos por Todos apresentada publicamente

    foto
    A Coligação Unidos por Todos apresentou a 29 de abril, publicamente, a candidatura aos órgãos autárquicos de Valongo. No Centro Cultural de Alfena juntou-se um numeroso público para assistir à apresentação da candidatura de Luís Ramalho a presidente da Câmara Municipal de Valongo, e de Alexandre Teixeira como cabeça-de-lista à Assembleia Municipal de Valongo.

    Luís Ramalho destacou as linhas estratégicas da sua candidatura à Câmara, realçando o modelo de proximidade que já pratica e pretende continuar a desenvolver, permitindo que todos tenham a mesma atenção por parte da Câmara Municipal. «Quero ser um presidente de Verdade. Connosco, todas as freguesias serão tratadas por igual. Connosco, não haverá valonguenses de primeira e de segunda. Comigo, todos são tratados de igual forma, todos terão acesso aos mesmos recursos. Todos terão a mesma atenção por parte da Câmara Municipal», disse.

    Nesse sentido, destacou que a cidade de Alfena precisa de um centro cívico, ancorado num novo edifício-sede para a Junta da Freguesia, à altura da dimensão e das necessidades dos seus habitantes. «Os alfenenses merecem uma nova centralidade, um espaço de referência e de convívio», sublinhou. Em Campo, queremos apostar na Zona Industrial. «Há que fomentar a fixação de investimento empresarial e potenciar a criação de postos de trabalho. A ZIC foi, aliás, um dos grandes investimentos do PSD e que nos últimos quatro anos não viram quaisquer desenvolvimentos», disse. Em Sobrado, adiantou, «vamos apoiar a Casa do Bugio na conclusão da candidatura da Bugiada a Património Imaterial da Humanidade». «Trata-se de uma manifestação cultural única, que gera um forte sentimento identitário e que tem um enorme potencial cultural e turístico, capaz de alavancar a economia local», apontou.

    Sobre Ermesinde, destacou, a coligação quer que seja uma cidade amiga das famílias. Sendo a freguesia com maior densidade populacional do país, com mais de 50.000 habitantes, «é fundamental que os seus moradores possam vivenciar e desfrutar do local que escolheram para viver, dispondo de espaços adequados para o efeito».

    Na freguesia de Valongo, pretende-se rentabilizar o potencial das Serras, criando dinâmica local e tornando o concelho numa referência do turismo verde.

    Para Luís Ramalho, «esta é a altura de recuperar o tempo perdido». «Sinto que ainda há muito para fazer em todo o concelho! Esta é a altura de recuperar o tempo perdido. É altura de recolocar este território no mapa. É preciso promover a requalificação urbana! As pavimentações, a requalificação dos passeios, a iluminação pública ou a higiene urbana serão temáticas às quais estarei muito atento», afirmou, alertando para os problemas de higiene urbana com os quais o concelho se debate. «De que vale a Câmara Municipal apregoar um lucro de quatro milhões de euros, quando todos os dias convivemos com contentores sujos e a abarrotar, passeios e estradas esburacadas e espaços públicos largados ao abandono, um canil municipal sobrelotado… Enfim… esta Câmara está claramente à espera de eleições para, de forma apressada, atabalhoada e sem estratégia, anunciar três milhões de euros de medidas avulsas e despropositadas. Mas o povo já não vai nessa cantiga!», sublinhou.

    Não menos importante para Luís Ramalho é a Educação. «Quero honrar a aposta feita pelos executivos do PSD e pugnar pela qualidade do parque escolar do 1º ciclo. Mas, ao mesmo tempo, reivindicarei junto do Governo a tão necessária requalificação do parque escolar do 2º e 3º ciclos e secundário. E se, para isso, for preciso assumir a gestão das escolas EB 2/3 e Secundárias, tudo faremos para que tal aconteça e nos permita garantir condições dignas para os alunos, professores e auxiliares», explicou.

    O candidato apontou ainda como apostas as áreas da intervenção social, o associativismo, o desporto e a cultura.

    Alexandre Teixeira, candidato da coligação à Assembleia Municipal, sublinhou a convicção de que esta coligação conseguirá «retomar o rumo e o caminho de desenvolvimento para Valongo. Melhorar o que há a melhorar. Não estragar o que está bem feito», disse. O candidato aproveitou para enumerar as ideias base para a Assembleia Municipal de Valongo que passam por «aproximar a Assembleia Municipal às populações, particularmente aos jovens, dando especial relevo às Assembleias Municipais de Jovens», indo às escolas explicando aos alunos as verdadeiras funções deste órgão, estimulando nos alunos a sua intervenção cívica e política. Outra ideia passa por promover visitas ao Plenário da Assembleia da Republica, para que melhor percebam como funciona uma Assembleia. Descentralizar as sessões da Assembleia Municipal, fazendo-as ter lugar alternadamente por todas as Freguesias, dignificar o órgão e os seus eleitos e modernizar, são os projetos para a Assembleia Municipal.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.