Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-01-2017

    SECÇÃO: Destaque


    Requalificação da Levada do Cabo é o primeiro passo para o nascimento do Parque do Vale do Leça

    Fotos CMV
    Fotos CMV
    Arrancou oficialmente no passado dia 22 de janeiro a primeira etapa da recuperação das margens do Rio Leça, em Alfena, mais concretamente a requalificação da zona da Levada do Cabo, no sentido de dar vida ao futuro Parque do Vale do Leça.

    A cerimónia do início da empreitada, que irá ser levada a cabo conjuntamente pela Câmara Municipal de Valongo (CMV) e pela Junta de Freguesia de Alfena (JFA), aconteceu no final da procissão em honra de S. Vicente, o padroeiro daquela freguesia, cujas festividades ocorreram precisamente no fim-de-semana de 20, 21 e 22 de janeiro. As obras de requalificação da Levada do Cabo vão incluir a recuperação do açude, do moinho, a construção de muros de suporte e um novo caminho pedonal ao longo do Leça, para que a população possa voltar a usufruir do rio e das suas margens num espaço público aprazível. Esta primeira fase da obra terá um custo de 52 mil euros, segundo avançou o presidente da Câmara, José Manuel Ribeiro. O autarca salientou que esta obra é um exemplo daquilo que se pretende que seja no futuro o Leça (e zona envolvente), não só ali em Alfena como também em Ermesinde, referindo-se aquela como a intervenção mais relevante que irá acontecer nas margens do rio, acrescentando que o futuro Parque do Vale do Leça que ali irá nascer vai dar qualidade de vida à cidade de Alfena.

    Recordando o Leça como um rio possuidor de uma história muito importante, e com parcelas de grande beleza nos locais do nosso concelho (isto é, Ermesinde e Alfena) por onde passa, José Manuel Ribeiro não tem dúvidas de que este trabalho em parceria com a Junta de Freguesia de Alfena irá marcar esta cidade. «Vai nascer aqui um parque lindíssimo, com a recuperação desta levada e da zona envolvente, sendo que o objetivo é depois estender este parque até ao Espaço Multiusos de Alfena e mais tarde prolonga-lo até Ermesinde, isto é, fazer a ligação entre Alfena (mais concretamente o Parque de S. Lázaro) e Ermesinde através de um corredor ecológico», projetou o edil. O sonho de José Manuel Ribeiro vai aliás mais além, como o próprio fez questão de referir, ambicionando poder ligar o Leça, através da Ribeira de Cabeda, até Valongo (rio Ferreira), algo que na sua opinião «seria extraordinário».

    ARNALDO SOARES:

    «SONHO ANTIGO

    DOS ALFENENSES»

    foto

    Visivelmente satisfeito nesta cerimónia - que contou com a presença de inúmeros populares e de diversos autarcas da freguesia, do pároco da freguesia, Manuel Fernando, e do Bispo Emérito de Setúbal, D. Gilberto Canavarro Reis - estava o presidente da JFA, Arnaldo Soares, que começou por referir que a obra de requalificação da Levada do Cabo era a primeira etapa de um sonho antigo dos alfenenses chamado Parque do Vale do Leça.

    Agradecendo em seguida às famílias proprietárias dos terrenos «que compreenderam a grandeza do projeto que se pretende desenvolver» e disponibilizaram 40 mil metros quadrados para a sua implementação, o autarca adiantaria ainda que acredita que até final do presente ano esteja igualmente concluída a obra em frente ao Centro Cultural de Alfena, a qual irá integrar um parque infantil e um skate parque. Arnaldo Soares agradeceu ainda à CMV pelo facto de que «desde o primeiro momento se mostrou um parceiro no desenvolvimento deste projeto».

    Por: MB

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.