Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-10-2016

    SECÇÃO: Destaque


    PCP vai procurar saber junto do Governo dados mais concretos sobre a requalificação da Escola Secundária de Ermesinde

    Foto MANUEL VALDREZ
    Foto MANUEL VALDREZ
    Um grupo de deputados afetos ao Grupo Parlamentar do PCP esteve no dia 10 de outubro de visita à Escola Secundária de Ermesinde (ESE). A iniciativa decorreu no âmbito das Jornadas Parlamentares em torno do tema "Produção Nacional, Emprego e Direitos Sociais", que decorreram entre 10 e 11 de outubro no Distrito do Porto. À saída da reunião mantida com o Diretor da ESE, Álvaro Pereira, a vice-presidente do Grupo Parlamentar do PCP, Paula Santos, trocou algumas palavras com a comunicação social, começando por referir que há muito que a situação daquele estabelecimento de ensino é seguida com atenção pelo seu partido. Acompanhada de alguns elementos afetos à estrutura concelhia do PCP, nomeadamente Adriano Ribeiro (vereador da Câmara de Valongo) e Adelino Soares (deputado da Assembleia Municipal de Valongo), a deputada da Assembleia da República acrescentaria que o PCP encontrou nesta visita uma escola que necessita urgentemente de uma intervenção a nível infraestrutural, e que permita nesse sentido oferecer melhores condições aos seus estudantes. Uma escola que segundo o Grupo Parlamentar do PCP carece de meios técnicos e recursos humanos, sendo que neste último aspeto focaram a necessidade de o quadro ser reforçado com pessoal especializado no acompanhamento a estudantes com necessidades especiais.

    Relativamente ao recentemente anunciado arranque da primeira fase das obras de requalificação da ESE, previstas segundo a autarquia de Valongo, para 2017, o Grupo Parlamentar do PCP disse não ter nenhuma informação oficial. «Este é um aspeto que nos levanta preocupações e dúvidas, tanto nós como a própria escola desconhecemos os pormenores do projeto», disse Paula Santos, referindo ainda que nesse sentido o PCP irá solicitar ao Ministério da Educação dados mais concretos sobre a requalificação da escola. «Vamos tentar conhecer melhor quais as intervenções que estão projetadas para a ESE com os 3,9 milhões de euros previstos. Tudo o que diz respeito à escola pública o Governo não se pode desresponsabilizar», remataram os deputados do PCP.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.