Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-06-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 01-03-2014

    SECÇÃO: História


    EFEMÉRIDES DE ERMESINDE - FEVEREIRO

    O Comandante Capas Peneda tornou-se bombeiro em fevereiro de 1922

    foto
    Domingos Capas Peneda, nascido na vizinha freguesia de Águas Santas em 1904, foi um dos bombeiros mais prestigiados a nível da Corporação de Ermesinde, da região Norte, e até do País. Efetivamente, poucos “soldados da paz” haverá, a nível nacional, com um historial tão brilhante como o que teve este comandante dos Voluntários de Ermesinde. Além de muitas outras condecorações, aquela que mais o consagrou foi a que recebeu do Poder Central, por Alvará do Presidente da República de 28 de outubro de 1966, que o distinguiu com a Ordem de Benemerência, tendo-lhe sido feita uma justa e calorosa homenagem em que estiveram presentes as mais destacadas personalidades do distrito e grande número de ermesindenses e bombeiros de várias corporações, para testemunhar o muito apreço e gratidão ao grande e prestigiado Comandante dos Bombeiros Voluntários de Ermesinde.

    Entrou para o corpo ativo dos Bombeiros no ano da fundação da Corporação - 1921 - ainda com 17 anos (talvez a razão de ser menor explique o facto de na sua ficha individual constar como data da incorporação, o dia 25 de fevereiro de 1922, altura em que já teria 18 anos), no tempo em que tanto a “Bomba” como o seu transporte ainda eram de tração braçal.

    Seis anos mais tarde concorreu a Aspirante, e ficou classificado em 1º lugar. Ainda por concurso, ascendeu a Chefe-Adjunto, em 1928. Foi instrutor, durante vários anos, em inúmeras escolas e várias vezes foi louvado.

    Em 1935 foi nomeado 2º Comandante efetivo, passando, no mesmo ano, a 1º Comandante interino. Em 1937 ascendeu a 1º Comandante efetivo.

    Foi nomeado Sócio Benemérito, em Assembleia Geral, realizada em 19 de fevereiro de 1943. Louvado pela Direção, em 30 de agosto de 1945, pela brilhante atuação no Congresso de Bombeiros, realizado em Coimbra. Passou a Comandante Honorário em 1945.

    Em 1946 foi novamente nomeado Comandante Interino e, simultaneamente, Vicepresidente da Direção, com a incumbência de organizar as Festas das Bodas de Prata da Associação. Registaram-se, a partir de então, alguns atritos com membros da Direção, que acabaram por sanar-se.

    Em 1952 Capas Peneda reassume o cargo de 1º Comandante efetivo.

    Organizou vários festivais de desporto, arte e outros, com o fim de angariar fundos para melhorar o material da Corporação, bem como para vestir as crianças pobres. Tomou parte em quase todas as manifestações patrióticas realizadas no concelho, fazendo uso da palavra em algumas delas. Em 1960 foi nomeado Sócio Honorário dos Bombeiros Voluntários de Ermesinde.

    A sua Corporação agraciou-o, por diversas vezes: Medalha de Ouro, por serviços distintos; Medalha de Ouro, por 25 anos de serviço; Medalha de Ouro, por 50 anos de serviço; três Medalhas de Prata, por atos de abnegação; e duas Medalhas de Prata por assiduidade. Também a Liga dos Bombeiros Portugueses lhe atribuiu duas Medalhas de Ouro, a 1ª de uma Estrela, e a 2ª de duas Estrelas. O seu prestígio extravasou as fronteiras nacionais, tendo recebido uma Medalha da Federação Nacional dos Sapadores-Bombeiros de França. A Câmara de Valongo, em 1978, 5 anos após a sua morte (25.2.1973), atribuiu o seu nome à Rua junto ao Quartel dos Bombeiros.

    O Comandante Domingos Capas Peneda, além de ter sido um símbolo e uma honra dos nossos Bombeiros, também conheceu o associativismo desportivo local – durante vários anos presidiu à Assembleia Geral do Ermesinde Sport Clube –, mas foi a nível do ciclismo que mais se notabilizou. Durante 12 anos foi dirigente da Associação de Ciclismo do Norte; depois, foi Presidente do Conselho Técnico da Federação Portuguesa de Ciclismo; e, finalmente, Diretor da Volta a Portugal em Bicicleta, no ano de 1956.

    Por: Manuel Augusto Dias

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.