Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-11-2013

    SECÇÃO: Desporto


    HÓQUEI SUBAQUÁTICO

    Clube Zupper é bicampeão regional de hóquei subaquático

    Foto CLUBE ZUPPER
    Foto CLUBE ZUPPER
    Pelo segundo ano consecutivo os ermesindenses do Clube Zupper (na imagem) conquistaram o título regional de hóquei subaquático. A (boa) notícia chegou-nos já mesmo em cima do fecho desta edição online, hoje, dia 30 de novembro, altura em que os zuppers festejam na Piscina de Porto de Mós o bicampeonato regional do Norte, cetro que foi alcançado na sequência de quatro triunfos na fase final da competição. De referir que simultaneamente se realizou aquin também o Campeonato Regional Sul. O Clube Zupper apresentou-se em Porto de Mós – que tem sido o grande palco (quer no que toca a competições nacionais, quer em relação a provas regionais) do hóquei sub-aquático português nos últimos anos – com duas equipas, sendo que o combinado “A”, mais forte, e sobretudo mais experiente, começou por bater um dos principais candidatos ao título do Campeonato Regional do Norte, o Núcleo de Coimbra, por 2-1. No segundo encontro do dia houve duelo de zuppers, com a equipa “A” a bater facilmente a “B”, por 8-0. Seguiu-se aquele que se poderá chamar de jogo do título, o embate entre o Clube Zupper “A” e os Sharkes, também de Coimbra, e outro dos grandes candidatos à vitória final. Mais uma vez assistiu-se a um grande jogo, e com muita garra e engenho os ermesindenses venceram por 2-1, e perante este resultado só mesmo uma catástrofe os iria impedir de celebrar o título, até porque o derradeiro encontro era com a inexperiente equipa do Porto Fluvial, que apenas este ano fez a sua estreia nas andanças do hóquei subaquático. Como seria de prever este último encontro não foi mais do que a consagração para os zuppers, que sem qualquer dificuldade venceram a turma portuense por 10-0, assegurando assim e de forma oficial o título regional do Norte na época 2013/14.

    Para o presidente/jogador Nuno Ribeiro este título teve um sabor ainda mais especial que o da época passada, já que foi alcançado num período difícil para o hóquei subaquático do clube. «Neste momento estamos com problemas ao nível de treino, pois a piscina do CPN, onde as nossas equipas desenvolvem a sua atividade semanalmente, tem denotado falta de condições de trabalho. A água, por exemplo, tem estado a 22 graus de temperatura, o que nesta altura do ano faz com que treinemos num ambiente gélido! Estas dificuldades já fizeram com que alguns dos nossos atletas abandonassem a modalidade e o clube, o que nos tem deixado tristes e desiludidos. Como tal, este novo título serviu-nos de alento face a tudo o que temos vivido nos últimos tempos», sublinha Nuno Ribeiro, que acrescentaria ainda que o clube já contactou a Câmara Municipal de Valongo no sentido de que seja encontrada uma solução para o hóquei subaquático do dinâmico emblema da nossa freguesia.

    Por: MB

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.