Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 20-09-2013

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL - 1ª JORNADA DO GRUPO 7 DA TAÇA BRALI

    Ermesinde Sport Clube 1936 empata no primeiro jogo oficial

    O Ermesinde 1936, o novo clube da nossa freguesia, estreou-se oficialmente – no passado dia 15 – com um empate num jogo – diante do Mocidade de Sangemil, jogo muito pobre em termos de futebol praticado. Tendo o Complexo Desportivo de Alfena como casa emprestada, enquanto o Estádio de Sonhos vê crescer um novo relvado, o conjunto da nossa cidade não se pôde queixar da falta de público, tendo comparecido muitos ermesindenses que já conheciam muitos dos jogadores da nova equipa, pois grande parte deles já tinha atuado no “velhinho” Ermesinde Sport Clube. A competição Taça Brali, também é uma estreante na Associação de Futebol do Porto, entidade esta que aproveitou um ano de remodelação no quadro das competições futebolísticas em Portugal para acolher uma nova taça.

    O primeiro golo do encontro surgiu na sequência de um centro de Leça, em que o guarda-redes Ricardo Lourenço é batido por Diogo Loureiro, sobrando a bola para Paulo, que finalizou a jogada com um remate que só fez a bola parar no fundo das redes do guarda-redes maiato. No entanto, reagiu bem o Sangemil, que ao minuto 32 repõe a igualdade, por intermédio de Bruno Silva, que se antecipa ao guardião Teixeira.

    Desta forma o resultado ao intervalo registava um golo para cada lado, resultado que iria permanecer inalterado até ao final do encontro. A segunda parte acabou por ser muito faltosa e as oportunidades de golo escassearam. O Ermesinde 1936 não conseguiu aproveitar o facto do guarda-redes adversário ter sido expulso por falta fora da grande área, quando a equipa de Sangemil já não podia fazer mais nenhuma substituição, aos 81 minutos. A jogar contra 10 unidades e com um jogador de campo a fazer de guarda-redes, o jogo continuou com muitas paragens, com vários jogadores a “tombarem” no relvado sintético de Alfena, e nem com nova expulsão para os lados do Mocidade de Sangemil aos 92 minutos, por palavras ditas ao juiz da partida, o resultado se alterou.

    O empate acabou por ser um resultado justo tendo em conta a falta de ideias que se implementou na segunda parte.

    Neste encontro alusivo à 1ª jornada do grupo 7 da Taça Brali o Ermesinde 1936 alinhou com: Teixeira; Folgosa, Fábio, Pedro Castro e Pedro Assunção; Marco, Leça e Serginho; Diogo Loureiro (Faria, aos 63m), Fábio Moreira (André, aos 28m) e Paulo. Treinador: Jorge Lopes.

    No outro encontro do grupo, disputado entre Inter de Milheirós e o Águas Santas, também se registou um empate, mais precisamente a dois golos. Águas Santas que é precisamente o próximo adversário do Ermesinde 1936 na competição, partida agendada para o dia 22 de setembro.

    Por: Luís Dias

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.