Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 18-03-2013

    SECÇÃO: Arte Nona


    345º Encontro da Tertúlia BD de Lisboa

    foto
    Realizou-se no passado dia 5 de março, num restaurante em Lisboa, o 345º Encontro da Tertúlia BD de Lisboa que, desta vez, homenageou Jorge Machado-Dias, editor, autor e divulgador de BD.

    Começou por escrever argumentos para serem transformadas em banda desenhada por Victor Borges, mais tarde começou ele mesmo a realizá-las sozinho, executando "a solo" as duas componentes principais da BD, argumento e desenhos. A certa altura editou fanzines, depois criou uma editora (Pedranocharco) e passou a editar revistas de estudos e crítica de BD (como a “BDJornal”), e atualmente tem uma livraria online (da editora). É também o responsável pelo blogue Kuentro e, indubitavelmente, uma das pessoas que mais tem feito para a divulgação da Banda Desenhada em Portugal.

    Jorge Machado-Dias nasceu em Lisboa, em 1953, viveu parte da sua infância, entre os 5 e os 10 anos no Maputo (então Lourenço Marques), donde regressou a Lisboa. Depois dos contactos então havidos com a BD, só volta a reencontrá-la, com 16-17 anos, com a revista “Tintin”.

    Em 1970 inicia um percurso académico atribulado, estudando Engenharia Civil durante dois anos, e tendo então enveredado pela Sociedade de Belas Artes de Lisboa, curso que teve de interromper, obrigado a entrar para a tropa a 22 de abril de 1974 (três dias antes do 25 de Abril!). Volta então a África, desta vez a Angola numa comissão de serviço em “fecho de contas coloniais”.

    Em 1983, depois de trabalhar em gabinetes de arquitetura, resolve cursar Pintura e Design, onde não esteve sequer até ao fim do ano letivo. E assim terminou o seu percurso académico.

    Começa a editar livros de BD em 2005, com a Pedranocharco, em 2006 lança o primeiro número da revista “BDVoyeur”, um projeto dedicado à BD erótica, e é para ela que desenha “Corpo a Corpo”, mas a revista “BDJornal” será talvez a mais importante aposta de sempre de imprensa periódica crítica em Portugal na área da Nona Arte.

    Lista de presenças

    1. Afonso"Delrey"

    2. Álvaro

    3. Ana Vidazinha

    4. Bárbara Carvalho

    5. Catarina Cruz

    6. Filipe Duarte

    7. Geraldes Lino

    8. Helder Jotta

    9. Hugo Teixeira

    10. Hugo Tiago

    11. Inês Ramos

    12. João Leal

    13. João Sequeira "JAS"

    14. João Vidigal

    15. José Abrantes

    16. José Pinto Carneiro

    17. José Victor

    18. Machado-Dias (Homenageado)

    19. Miguel Ferreira

    20. Moreno

    21. Nuno Duarte "Outro Nuno"

    22. Pedro Bouça

    23. Pedro Cruz

    24. Pedro Ribeiro Ferreira

    25. Pepedelrey

    26. Petra

    27. Rechena

    28. Rui Domingues

    29. Sá-Chaves

    30. Sandra Oliveira

    31. Susana Marinho

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.