Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-05-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-11-2012

    SECÇÃO: Desporto


    CICLISMO

    OFM/Valongo/Goldentimes entra para a elite do ciclismo nacional

    Foto UCS
    Foto UCS
    Depois de nove anos a militar no escalão sub-23, a União Ciclista de Sobrado (UCS) vai arrancar para a próxima temporada com uma equipa profissional, que terá a designação OFM/Valongo/Goldentimes, um projeto apresentado em conferência de imprensa no passado dia 29 de novembro na Junta de Freguesia de Sobrado.

    A formação valonguense voltará a ser orientada por José Barros e contará nas suas fileiras com alguns corredores experientes com provas dadas na modalidade, pelo que é grande a expectativa quanto à prestação nas competições que vai ter pela frente. Por entre as novas caras destacam-se, por exemplo, as contratações do galego Alejandro Marque, vindo do Tavira, vencedor do contrarrelógio final da última edição da Volta a Portugal e medalha de bronze dos nacionais de Espanha, e do ex-boavisteiro João Cabreira, que será o chefe de fila do conjunto de Sobrado. Reunidos os apoios necessários, a UCS pôde finalmente subir para um patamar mais ambicioso, fruto da aposta decidida dos seus principais patrocinadores. Pelo segundo ano consecutivo, a OFM, uma empresa ligada ao comércio e reciclagem de metais preciosos, chamou a si o maior protagonismo do projeto, desta feita ao investir de uma forma bem mais generosa, de parceria com a Goldentimes, empresa do mesmo ramo, contando ainda com a colaboração da Câmara Municipal de Valongo.

    Desta conjugação, a que se juntam outros apoios importantes, surgiu a possibilidade para se avançar rumo ao profissionalismo, cumprindo-se, assim, uma das metas a que se propôs a coletividade de Sobrado. Na cerimónia de lançamento do novo projeto, realizada na Junta de Freguesia de Sobrado, marcaram presença, para além do anfitrião Carlos Mota, João Paulo Baltazar (presidente da Câmara de Valongo), Nuno Ribeiro (presidente da União Ciclista de Sobrado), bem como elementos afetos aos principais patrocinadores e demais convidados, entre os quais amigos de longa data que têm acompanhado de forma apaixonada esta já longa caminhada da União Ciclista de Sobrado, que no próximo ano completará uma dezena de anos.

    A equipa para 2013 será, para já, constituída pelos seguintes corredores: João Cabreira (ex-Onda/Boavista), Samuel Caldeira (ex-Carmin/Prio/Tavira), Alexandre Marque (ex-Carmin/Prio/Tavira), Délio Fernandez (ex-Onda/Boavista), Hélder Oliveira (ex-Onda/Boavista), Rui Barros (ex-Asc/KTM/Vitória), João Matias (ex-ASC/KTM/Vitória) e ainda Luís Fernandes e Gualter Carvalho, os dois atletas que transitam da formação da época passada. O plantel ficará completo com a inclusão de mais um ou dois ciclistas, nomes que oportunamente serão divulgados. Staff técnico e diretivo: José Barros (diretor desportivo), Fernando Maia (massagista), Manuel Garcez e Belmiro Ferreira (mecânicos) Maximino Pereira e Paulo Romero (diretores) e Vaz Mendes (assessor de imprensa).José Barros, diretor desportivo desde a primeira hora, quando em 2004 a equipa tinha a denominação de Casactiva/Quinta das Arcas, salientou a importância deste novo passo: “Trata-se de um dia muito importante para o ciclismo da região de Valongo e para a modalidade. A União Ciclista cresceu de forma sustentada, somou muitos êxitos no escalão sub-23, e sempre tive a esperança de um dia poder anunciar o salto para os profissionais. Podia ter sido há mais tempo, mas valeu a pena esperar por este dia, finalmente o sonho realizou-se. Esta é uma vitória de uma região que teve sempre uma grande paixão pelo ciclismo, que está diretamente ligada a todos quantos acreditaram em nós, especialmente os nossos patrocinadores”.

    Para João Cabreira, corredor proveniente do Boavista, que será o chefe de fila da OFM/Valongo/Goldentimes, a próxima temporada está a ser preparada com a determinação que sempre coloca no seu trabalho: “Estou ansioso por este novo projeto, pois a equipa é constituída por colegas que conheço bem, o que é uma ajuda importante para a criação de um bom grupo. Os objetivos passam por alcançar o maior número de vitórias possível, sem esquecer que será o primeiro ano no pelotão, por isso pretendemos conquistar o nosso espaço. Claro que a Volta a Portugal dominará as nossas atenções, se bem que procuraremos estar em bom plano em todas provas”.

    João Paulo Baltazar, presidente da Câmara de Valongo, revelou-se extremamente satisfeito com esta nova etapa de uma das mais emblemáticas coletividades do seu concelho: “ Naturalmente que é um orgulho enorme para a nosso município contar com uma equipa no primeiro escalão do ciclismo nacional e estou certo de que este continuará a ser um projeto vencedor. Quero deixar o meu reconhecimento a todos quantos têm trabalhado em prol de um ideal, especialmente ao José Barros, que tem sido incansável pela forma como se bate pela concretização dos seus objetivos”.

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.