Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-10-2012

    SECÇÃO: Emprego


    A situação do emprego no concelho de Valongo – entrevista com Manuel Henriques

    Foto URSULA ZANGGER
    Foto URSULA ZANGGER
    “A Voz de Ermesinde” (AVE) – Qual é a situação do emprego no concelho? Como se caracteriza?

    Manuel Henriques (MH) – É considerado desemprego toda a situação decorrente da inexistência total e involuntária de emprego do beneficiário com capacidade e disponibilidade para o trabalho e que faça a sua inscrição para emprego no Centro de Emprego.

    Com base nos dados de agosto de 2012, últimos dados estatísticos disponíveis, estavam inscritos no concelho de Valongo 9 612 desempregados à procura de primeiro ou novo emprego.

    Numa análise dos inscritos por género, tempo de inscrição e situação face ao emprego obtemos a seguinte distribuição:

    • 53,8% dos inscritos eram do género feminino sendo os restantes 46,2% do género masculino;

    • 91,5% dos inscritos estavam à procura de um novo emprego e os restantes 8,5% encontravam-se à procura do 1º emprego;

    • O desemprego de longa duração (1 ano ou mais) representava 44,8%, sendo que 55,2% tinham um tempo de inscrição inferior a um ano.

    Fazendo uma análise por grupos etários constatava-se:

    • O grupo mais representativo é o da faixa dos 35-54 anos com 48,8% dos inscritos, seguindo-se o grupo dos 25-34 anos com cerca de 22,6% dos inscritos;

    • Considerando os níveis de escolaridade realça-se o peso do número de inscritos com nível de escolaridade superior, correspondente a 9,5%, e nível de escolaridade Secundária com um peso de 20,5 % .

    Na análise do número de desempregados inscritos devemos ter em conta o critério de registo do desempregado, que é feito atendendo ao seu local da residência e não ao concelho onde desenvolvia a sua atividade.

    AVE – Como é a situação do emprego no concelho relativamente à realidade circundante?

    MH – Os desempregados inscritos no Centro de Emprego de Valongo refletem não só o emprego extinto no concelho mas também o emprego extinto nos concelhos limítrofes da Área Metropolitana do Porto.

    O crescimento populacional de Valongo tem sido influenciado pela atratividade de condições de residência, infraestruturas de apoio, conjugado com boas acessibilidades, permitindo a fixação de um crescente volume de população ativa que está na sua generalidade disponível para oportunidades de emprego fora do Concelho.

    INICIATIVAS

    EM CURSO

    foto

    AVE – Quais as iniciativas em curso para promover o emprego no concelho?

    MH – O atual contexto de desemprego crescente e a grave crise económica que o País atravessa dificultam a atuação dos Centros de Emprego, nomeadamente no processo de ajustamento entre a oferta e a procura de emprego.

    Apesar da conjuntura presente, o Centro de Emprego de Valongo, pretende fortalecer a aplicação das medidas ativas de emprego e formação profissional que reforcem a competitividade das empresas através do aumento de empregabilidade dos atuais desempregados e da melhoria de qualificações dos seus trabalhadores, procurando ainda corresponder às permanentes necessidades do mercado de trabalho, através de reforço da atuação e da cooperação com os agentes públicos e privados.

    Entre estas iniciativas conta-se com a medida Estímulo 2012, que disponibiliza incentivos à contratação de desempregados inscritos há pelo menos seis meses nos Centros de Emprego, conjugada com formação profissional em contexto de trabalho/Entidade Certificada.

    Temos igualmente a Iniciativa Impulso Jovem, através das medidas Passaporte Emprego, que são Estágios com a duração de 6 meses, destinados a jovens desempregados inscritos nos Centros de Emprego há pelo menos 4 meses conjugando também eles a prática em contexto de trabalho com formação profissional adequada à atividade a desenvolver.

    A medida de Apoio à Contratação via Reembolso da Taxa Social Única visa permitir à empresa candidatar-se ao reembolso, total ou parcial, das contribuições obrigatórias para a segurança social pagas, quando celebre contrato trabalho, a tempo completo, com jovens com idade entre os 18 e os 30 anos, inscritos como desempregados há pelo menos 12 meses consecutivos.

    Ao nível da formação profissional, a modalidade de intervenção Vida Ativa, consiste numa resposta de qualificação com o objectivo, por um lado de proceder ao ajustamento entre os Planos Pessoais de Emprego (PPE) e o potencial e necessidades individuais de cada candidato, para a melhoria da sua empregabilidade, e por outro de potenciar o regresso ao mercado de trabalho de desempregados, através de uma rápida integração em ações de formação de curta duração, que permitam a aquisição de competências relevantes, ou a valorização das competências já detidas.

    Para a aplicação destas medidas, o Centro de Emprego disponibiliza aos utentes e aos empresários apoios técnicos, financeiros e logísticos procurando potenciar essa empregabilidade.

    Cumulativamente o Centro de Emprego de Valongo, programou e está a executar um conjunto de sessões de divulgação das medidas e apoios do IEFP junto dos empresários promovendo também por esta via a aproximação entre o Centro de Emprego de Valongo e os empresários do Concelho.

    foto

    PLATAFORMAS

    DE INFORMAÇÃO

    AVE – Quais as plataformas de informação postas ao dispor dos interessados?

    MH – O Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP, IP) dispõe de um site institucional – http://ww.iefp.pt que disponibiliza informação completa, pertinente e gratuita a todos os interessados;

    Disponibiliza ainda o portal http://www.netemprego.gov.pt que permite através do registo do candidato ou da entidade, a colocação do CV e de Ofertas de Emprego, bem como a possibilidade de candidatura eletrónica às diversas medidas.

    Ao nível regional, o IEFP estabeleceu, ao nível da comunicação social regional e local (jornais e rádios), parcerias para a divulgação das Ofertas de Emprego [como visto em texto da página anterior].

    foto
    .

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.