Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 23-04-2012

    SECÇÃO: Cultura


    AACE comemora 13º aniversário

    Fotos URSULA ZANGGER
    Fotos URSULA ZANGGER
    A Associação Académica e Cultural de Ermesinde (AACE) está a comemorar o seu 13º aniversário, celebrado no passado dia 15 de abril, através de um alargado leque de iniciativas nas quais, curiosamente, estão envolvidas todas as suas valências.

    Na data do aniversário, e abrilhantado pelo Grupo de Música Tradicional Portuguesa, realizou-se um convívio na sua sede, a que se seguiram dois espetáculos no Fórum Cultural de Ermesinde, um na noite do dia 20 de abril, com a participação de várias valências e que, dada a sua riqueza musical, daremos destaque noutra peça, e outro na noite seguinte, “Tributo a Zeca Afonso”, mais protagonizado pelo grupo Voz Ligeira da AACE, que contou com a colaboração da Orquestra de Flautas do Agrupamento de Escolas de Águas Santas e do Grupo de Fados da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

    Na tarde do dia seguinte, domingo, uma outra versão deste Tributo a Zeca Afonso, teve lugar no Auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, também enquadrado nas comemorações do 25 de Abril da autarquia.

    foto
    As comemorações do 13º aniversário da AACE terão o seu epílogo com a entrada em cena do grupo Casca De Nós, nos próximos dias 4, 5 e 6 de maio, com a reposição em cena de “A Boda dos Pequenos Burgueses”, que esta companhia, valência da AACE, estreou na Mostra de Teatro Amador do Concelho de Valongo.

    Quanto ao espetáculo “Tributo a Zeca Afonso”, realizado no passado dia 21 de abril, ele teve início com a exibição do grupo Voz Ligeira, que com 21 figuras em palco, interpretou, exclusivamente, temas de Zeca Afonso, sob a direção da maestrina Cecília Gomes.

    A mesma dirigiu igualmente a Orquestra de Flautas do Agrupamento de Escolas de Águas Santas, que igualmente interpretou exclusivamente obras de Zeca Afonso.

    Esta orquestra nasceu de uma atividade curricular na Área de Projeto, em 2009/2010, sendo o grupo atualmente composto por 47 alunos do 6º e 7º anos da escolaridade.

    foto
    O fim da primeira parte deste espetáculo, num momento muito bem conseguido, deu-se com o grupo Voz Ligeira a interpretar “Grândola Vila Morena”, enquanto os meninos da Orquestra de Flautas faziam os passos que se ouvem em fundo na composição, conforme o original de Zeca Afonso.

    A segunda parte deste espetáculo foi inteiramente constituída pela atuação do Grupo de Fados da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, que trouxe ao palco do Fórum Cultural de Ermesinde sobretudo instrumentais de Carlos Paredes e temas de Zeca Afonso, Adriano Correia de Oliveira e Luís Góis. Com dois trabalhos discográficos editados, o grupo, com uma belíssima voz e bons instrumentistas, encantou a audiência, que esgotou o Fórum.

    No final, o presidente da AACE, Alberto Mateus, agradeceu a presença de todos, com destaque para o presidente da Assembleia de Freguesia de Ermesinde, Raul Santos, e para o responsável do Agrupamento de Escolas de Águas Santas, e esclareceu a programação do aniversário da associação.

    Houve ainda lugar a uma distribuição de lembranças aos participantes, incluindo a cada um dos meninos da Orquestra de Flautas, e à maestrina Cecília Gomes. Esta, por sua vez, fez questão de agradecer a uma pessoa quase sempre esquecida nos espetáculos deste Fórum, o técnico de som Paulo Santos.

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.