Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-07-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-02-2012

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL

    Formiga aplica a “chapa 3” num jogo com duas caras!

    Foto UDR FORMIGA
    Foto UDR FORMIGA
    Tal como na jornada anterior (disputada a 5 de fevereiro), o Formiga voltou no passado domingo (12 de fevereiro) a apresentar-se num encontro da Série 1 da 2ª Divisão Distrital da Associação de Futebol do Porto com... duas caras. E se em Vila Boa de Quires a dupla personalidade formiguense custou caro, no último encontro o desfecho acabou por ser bem mais feliz. 3-0, foi este o resultado obtido pelo conjunto da nossa Cidade na receção ao Salvadorense, em partida (na imagem) alusiva à 21ª jornada da já mencionada competição, um score que à primeira vista pode parecer indicar que se tratou de um triunfo fácil sobre o último classificado deste campeonato, mas que ao ser minuciosamente analisado logo atiramos para longe a ideia de que a nona vitória da época do Formiga foi consumada por facilidades.

    Na verdade este foi um encontro de contrastes bem apurados para os ermesindenses, os quais tiveram uma performance verdadeiramente desastrosa durante a primeira parte, uma exibição mazinha para sermos mais precisos, das piores que já vimos ao longo destes seis meses de competição que levam os pupilos de Nuno Melo, e que só não teve contornos de tragédia grega graças à boa exibição do guardião das redes locais João, a quem o Formiga deve o milagroso empate a zero bolas na saída para o descanso.

    Na etapa complementar tudo se alterou. Para melhor, há que dizer. O Formiga voltou ao campo com uma nova alma, guerreira, determinada, com uma atitude oposta à patenteada nos primeiros 45 minutos, com uma postura dominadora que viria a dar frutos aos 60 minutos, altura em que Tozé inaugurou o marcador no pelado do Complexo Desportivo dos Montes da Costa.

    Dez minutos volvidos foi a vez de Tiago Ribeiro ampliar o marcador para os locais que, aproveitando o balanço do seu ataque, deram a estocada final no Salvadorense ao minuto 75, com um golo de Braga.

    Vitória em dois atos que levou o Formiga a subir um degrau na escada classificativa, passando agora a ocupar a 6ª posição, com 32 pontos. Na frente está agora isolado a Mocidade Sangemil, emblema que aproveitou da melhor maneira o deslize do principal rival na luta pela subida, o Gondim, que não foi além de um empate caseiro diante dos Lusitanos. Em termos pontuais os jogadores de Sangemil somam agora 47 pontos contra os 45 do Gondim.

    Nota: Todos os resultados e classificações desta competição podem ser consultados online em Resultados Desportivos.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.