Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2023
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-09-2011

    SECÇÃO: Tecnologias


    O caso exemplar de Quiaios

    Quiaios é uma pequena vila situada a 8 km da Figueira da Foz, com bastantes jovens adeptos das novas tecnologias. A relação entre a massa juvenil é muito boa, pois toda a gente se conhece muito bem. No entanto as infraestruturas da vila não proporcionam grandes atividades para a juventude, o que constitui uma grande falha.

    Então um grupo de amigos, na altura ainda bastante jovens :), em meados do ano 2003 resolveram levar um pouco mais à frente o seu gosto pelos jogos on-line (Counter-strike e outros jogos de rede), foi então organizada a 1ª Lan Party em Quiaios, com os seu 'notáveis' 10 participantes em pleno mês de agosto, lan party essa elaborada com o material disponibilizado por cada um (switchs ethernet, cabos de rede, extensões elétricas, etc.) e usufruindo das instalações de uma das coletividades locais, o Quiaios Clube.

    Entretanto o gosto por este tipo de convívio foi crescendo e mais lan parties viriam a ser organizadas, e a seguinte já contou com 23 participantes. Foram entretanto organizadas mais de lan parties e clan matches entre os mais habituais participantes, sendo este o berço da Associação Quiaios Interactivo.

    A associação conseguiu reunir algum dinheiro dos donativos dos participantes para comprar material próprio, facilitando toda a organização das lan parties que daí viriam a ser organizadas.

    Um ano depois da 1ª Lan Party resolveu-se estender um pouco o âmbito local da festa, para um âmbito nacional.

    No entanto iríamos ser precisa uma logística um pouco diferente para albergar um máximo de 100 pessoas por 2 ou 3 dias. Pediram-se apoios à Câmara Municipal da Figueira da Foz e à Junta de Freguesia de Quiaios, para além dos inúmeros patrocínios dos comerciantes locais, com os prémios para os vencedores dos torneios, pediu-se também o espaço do Pavilhão Gimnodesportivo do Colégio de Quiaios, que foi gentilmente cedido sem qualquer custo para a Associação. Um apoio muito importante foi também dado pela ESTG Leiria (Escola Superior de Tecnologia e gestão de Leiria) que forneceu os switchs de rede.

    A lan party foi um sucesso, conseguindo ter cerca de 60 participantes durante os quase três dias de duração.

    Paralelamente às lan parties foi surgindo outro projeto que envolvia uma rede wireless que cobrisse toda a localidade. Foram feitos vários testes e começou-se a desenvolver o que viria ser a KiaiosNet, na altura em modo infraestrutura (constituída basicamente por equipamentos cliente ligados a alguns pontos de acesso). No entanto rapidamente se verificou que esta abordagem não seria muito escalável, o que não era de todo o pretendido.

    Surgiu então a ideia de mudar a abordagem para uma Mesh, em que basicamente todos são clientes e todos são pontos de acesso. O contacto com a Unimos (na altura designada por NazaMesh) foi inevitável, e desde então tem-se vindo a manter uma relação muito próxima quer no desenvolvimento da rede quer na amizade.

    Quiaios tem um bom acesso ADSL, pois existe uma central de acessos na própria vila, e como o raio da vila não é muito grande, facilmente se conseguem os 24Mb em todo o lado.

     

    Outras Notícias

    · A memória do rato
    · O projeto Unimos

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.