Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-04-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2011

    SECÇÃO: Cultura


    A Rede Ibérica da Máscara terá sede em Valongo

    O segundo encontro da Rede Ibérica da Máscara reuniu em Valongo os membros do grupo de trabalho e da comissão académica para debater diversos pontos do futuro deste projeto.

    Foto RIM
    Foto RIM
    A freguesia de Sobrado (concelho de Valongo) acolheu o segundo encontro da Rede Ibérica da Máscara, organizado pela Prodestur – Associação para a Promoção Desenvolvimento e Gestão do Turismo Cultural Ibérico.

    No centro cultural da localidade reuniram-se 20 membros desta rede em representação de quase todas as províncias que compõem o projeto RIM (Bragança, Valongo, Astúrias, Cantábria, Zamora e Cáceres (Mira, Ourense, Burgos e Castilla y León não puderam estar presentes).

    Durante mais de duas horas os presentes partilharam opiniões sobre a futura estrutura da rede. Um debate que levou à criação de uma comissão instaladora que permitirá iniciar trabalhos com vista ao registo e consequente oficialização da Rede. Esta comissão conta com quatro membros: a Câmara Municipal de Valongo (representada pelo seu vice-presidente João Baltazar), a Diputación Provincial de Cáceres (Raquel Búrdalo), a Diputación Provincial de Zamora (María Jesus Cabezas Lefler) e a Prodestur (Hélder Ferreira).

    O vice-presidente da Câmara Municipal de Valongo, João Baltazar, ofereceu à RIM a possibilidade de instalar a sua sede nesta cidade e garantiu um importante apoio institucional ao projeto da Rede Ibérica da Máscara. Uma proposta muito bem recebida por todos os presentes, que não hesitaram em aceitar a oferta. Além do mais, os assistentes a esta reunião estudaram uma primeira proposta de estatutos para a rede. A proposta foi apresentada pela Prodestur, promotora do projeto, mas recebeu importantes contributos por parte dos membros do grupo de trabalho e do conselho académico. Este último é o comité que se encarregará de preparar a candidatura das tradições com Máscara Ibérica a Património Imaterial da Humanidade e corresponder-lhe-á aprovar a admissão de novos associados. O trabalho desta comissão será importante não só de um ponto de vista académico (arquivo cultural, documentação) mas também de um ponto de vista institucional, fundamental para o intercâmbio de documentação e informação entre associados.

    A Prodestur, organizadora do evento, apresentou ainda a página oficial da Rede Ibérica no Facebook. No entanto, a criação de um site ficou adiada até à aprovação dos estatutos e da eleição dos órgãos sociais. Uma eleição que terá em conta o equilíbrio entre representantes portugueses e espanhóis.

    A próxima reunião da RIM incluirá todos os seus membros (mais de 60 pessoas) e terá lugar em Zamora no mês de Setembro. Nessa altura terão lugar as eleições para os órgãos sociais da Rede. Membros presentes na reunião de Sobrado: Portugal – Prodestur (Hélder Ferreira, Rita Piteira, Vanessa Contumélias), Câmara Municipal de Valongo (João Baltazar), Associação Casa do Bugio (António Pinto), Junta de Freguesia de Sobrado (Carlos Mota), Junta de Freguesia da Parada (Francisco Figueiredo), Universidade do Minho (Manuel Pinto); Espanha – Diputación de Zamora (María Jesús Cabezas), Diputación de Cáceres (Raquel Búrdalo), Ayuntamiento de Montamarta (Rogelio Conde, Irene Ferrero, José Ramón Pérez), La Vijanera de Silió, Cantabria (César Rodríguez, Raul Cayón), Los Sidros y la Comedia de Valdesoto, Asturias (Pablo Canal, Oscar González).

    Por: AVE

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.