Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-09-2019
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 15-04-2011

    SECÇÃO: Desporto


    BILHAR

    Contas finais da 1ª fase da Superliga Bilharsinde começam a ser feitas

    Foto ABTROFA
    Foto ABTROFA
    Com a aproximação do final da 1ª fase da Superliga Bilharsinde o quadro da fase final da competição começa a ganhar contornos cada vez mais evidentes, isto é, começam aos poucos a conhecer--se as equipas que irão lutar pela conquista dos títulos das 1ª, 2ª e 3ª divisões deste animado evento de pool-português.

    E definida ficou nesta primeira quinzena de Abril a Série A, com a Academia Pedro Fonseca a sagrar-se campeã de série, fruto dos seus 57 pontos somados, e a fazer-se acompanhar no apuramento para a fase final da 1ª Divisão pelos conjuntos do Senhor do Padrão, do Estrelas de Baguim e pela Casa do FC Porto de Alfena/Plaza. Para a 2ª Divisão estão classificados o Café Mosteiro, o Café S. Paulo/Drogaria das Oliveiras, o Mony I, e o Clube de Bilhar “O Sonho” “B”, ao passo que para o terceiro escalão seguem Café S. António/C.P.C., Voxx Club Bilhar “D”, e G.D. Baguim do Monte.

    E se por estas bandas está tudo decidido nas outras três séries ainda há a limar algumas arestas nas duas jornadas que faltam disputar. Na Série B, por exemplo, está ainda em aberto a última vaga para a 1ª Divisão, sendo que nesta altura o melhor colocado para o conseguir é o Café Esposade que na 20ª jornada (ocorrida a 11 de Abril) deu mais uma prova do mau momento que vem sendo patenteado pelo Leixões ao longo desta segunda volta ao conquistar em Matosinhos um precioso triunfo por 10-6. Este resultado catapultou os de Esposade para o 4º lugar, o qual à entrada para esta jornada era ocupado pelo... Leixões! As duas jornadas que restam jogar dirão se este desaire foi ao não fatal nas aspirações dos leixonenses no que toca à presença na fase final do escalão maior, sendo que por agora Esposade e Leixões somam os mesmos pontos (32), embora os primeiros tenham vantagem no confronto directo devido ao factor entre pontos marcados e pontos sofridos.

    Quem também ainda espreita a 1ª Divisão é o Café Quinta Amarela, conjunto que ocupa o 6º lugar com 30 pontos, embora para lá chegar precise não só de vencer os seus últimos jogos como também torcer para que os dois mais directos rivais escorreguem.

    Com os destino traçado estão já o Núcleo Sportinguista de Gondomar, Aqua Doce, A.R. Rio Tinto, Paraíso da Cidade, Voxx Club Bilhar “C”, e Bar do Pavilhão/CSPA1, sendo que as duas primeiras irão jogar a 2ª Divisão, ao passo que as restantes irão competir no 3º escalão. Na frente desta série continua o Café Sport que só não garantiu o título de campeão de série nesta quinzena pelo facto de na 20ª ronda ter sido derrotado no salão do 2º classificado, o Clube Bilhar Salão Filipe “A”, por 6-10, e assim passar a dispor de uma curta vantagem de três pontos na classificação (47 contra 44). Duas equipas que tal como o G.D. S. Sebastião (3º classificado) já asseguraram matematicamente a presença na 1ª Divisão.

    RESTANTES

    INCÓGNITAS...

    Nas séries C e D restam também algumas incógnitas em relação aos apurados para a fase final dos três escalões. Na primeira o grande vencedor da quinzena foi o combinado do Voxx Clube Bilhar/Amigos que graças a duas vitórias (ante Totta Academia de Bilhar e Bar do Pavilhão/CSPA2) saltou para zona de 2ª Divisão, ocupando agora o 8º lugar com 26 pontos contabilizados, precisamente mais um que o 9º posicionado, o G.D. Dom Pedro, sendo que a última vaga de acesso ao segundo escalão nesta série será decidido entre estes dois combinados pois Café S. Brás, Bar do Pavilhão/CSPA2 e U.D.C.R. da Bela já não podem ir mais além do que a presença na 3ª Divisão.

    E por falar em Dom Pedro há que dizer que na 20ª jornada esta equipa abateu praticamente as esperanças do Clube Bilhar Piri-Piri/Luciano em chegar à 1ª Divisão na sequência de um triunfo no salão destes por 9-7. E se os bilharistas do Café Piri-Piri ainda têm uma ténue hipótese de subir ao 4º lugar os combinados do Estrelas de Baguim/R e da Academia de Bilhar Bola 8 prometem uma animada luta até final para ficar com o último “passaporte” para a divisão maior, já que ambos se encontram separados na tabela por apenas dois pontos.

    Na liderança continua o Caffé Break que está apenas a uma vitória de garantir matematicamente o 1º lugar, somando por agora mais três pontos que o 2º colocado, o Totta Academia de Bilhar (47 contra 44 pontos).

    Na Série D apenas duas arestas há por limar, ou seja, quem vai ficar com o 1º lugar, sendo que para este poleiro existem dois “galos”, nomedamente a Academia Pedro Grilo e a Academia de Bilhar da Trofa (equipa da imagem), respectivamente 1º e 2º posicionais com 50 e 49 pontos, e quem vai ficar com a última vaga para a 2ª Divisão, havendo por esta altura quatro concorrentes (!): Café Laser (7º), Clube Bilhar São José (8º), Ermesinde Sport Clube/Salão Europa (9º), e Café São Brás “B” (10º), sendo que a diferença que separa o 7º do 10º posicionado é de apenas dois pontos.

    Nota: Todos os resultados e classificações desta competição podem ser consultados na nossa edição on-line.

    Por: Miguel Barros

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.