Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 10-12-2010

    SECÇÃO: Destaque


    VISITA PASTORAL DO BISPO DO PORTO A ERMESINDE

    D. Manuel Clemente em Ermesinde

    D. Manuel Clemente, bispo do Porto, esteve em visita pastoral à cidade de Ermesinde, aonde chegou na manhã do dia 3, sexta-feira, durante a realização da Feira das Associações em Ermesinde, tendo concluído a sua visita, no domingo, dia 5. O insigne prelado dedicou o primeiro dia da sua visita ao encontro com a sociedade civil da cidade, tendo visitado inúmeras associações, IPSS – entre elas o Centro Social de Ermesinde –, escolas e ainda algumas entidades católicas.

    Na noite desse mesmo dia 3 esteve de visita à Feira das Associações organizada pela Junta de Freguesia de Ermesinde, no Fórum Cultural, tendo após a visita proferido uma conferência intitulada “Igreja e Cidadania”, no âmbito das comemorações do Centenário da República.

    O segundo dia dedicou-o D. Manuel Clemente ao contacto com a realidade interna da paróquia, tendo visitado a Igreja do Bom Pastor, a Igreja da Santa Rita e realizado um encontro com os Escuteiros e uma Assembleia de Paróquia, a que presidiu, na Igreja Matriz de Ermesinde.

    O bispo do Porto encerrou a sua visita pastoral com a celebração de uma Eucaristia festiva, na mesma Igreja Matriz, na manhã do domingo, dia 5, tendo na ocasião administrado o Crisma aos fiéis católicos que para o acto se prepararam.

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    11h02 da manhã do dia 3, na estação de Ermesinde. O comboio suburbano vindo do Porto chega à estação de Ermesinde, onde se apeia, de forma quase anónima, como qualquer cidadão, D. Manuel Clemente. Condição essa, a de cidadão, que fez repetidas vezes questão de sublinhar. A aguardá-lo está o cónego João Peixoto, pároco de Ermesinde.

    A chegada, de comboio, é em si mesma, carregada de simbolismo, dado ter sido precisamente o comboio a grande alavanca que permitiu o crescimento de Ermesinde.

    Descidas as escadas da gare em que chegou o comboio, a hora é de festa. Recebem-no o presidente da Junta de Freguesia de Ermesinde, entidade que é também a organizadora da Feira das Associações que decorre desde o dia 1 de Dezembro no Fórum Cultural de Ermesinde, e onde emérito bispo irá estar à noite, e a comunidade católica de Ermesinde, que o aguarda em festa, num coro que assume tonalidades muito juvenis, pois também foram ali para o receber os alunos do Colégio Santa Joana, naturalmente na companhia das religiosas franciscanas que ali têm a sua casa.

    O presidente da Assembleia de Freguesia, Raul Santos, está também entre os que o foram receber à estação ferroviária.

    Segue de seguida para a Casa do Povo de Ermesinde, primeiro ponto dos seus compromissos em Ermesinde, onde é recebido pelo presidente da Direcção desta entidade, António Vasques, acompanhado de outros membros da Direcção e dos corpos sociais e ainda das técnicas ao serviço da instituição.

    Mas antes faz ainda um pequeno desvio para se deter junto da imagem de Nossa Senhora recentemente colocada na praceta mesmo em frente à histórica instituição.

    D. Manuel Clemente inteira-se da história da Casa do Povo de Ermesinde, do que foi, nos tempos da outra senhora e depois, em democracia, das razões porque ainda se mantém.

    No hall da entrada aguarda-o o Rancho da Casa do Povo de Ermesinde. D. Manuel Clemente interessa-se pelo brasão da cidade inserto na bandeira do rancho e sobe as escadas, onde vai ser recebido com uma calorosa canção de boas-vindas pelo orfeão da Casa do Povo e onde cumprimenta um a um os utentes da instituição, como aliás fará durante as visitas posteriores.

    Antes de deixar a Casa do Povo é ainda convidado a descerrar uma placa de recordação da sua visita a esta IPSS.

    De seguida, e a caminho do Centro Social de Ermesinde, onde almoçou, irá visitar a Associação de Promoção Social e Cultural de Ermesinde, de onde se dirige ao Centro Social, onde termina o programa da manhã da sua visita, e que reportamos em peça à parte. Aí visitou também a redacção do jornal “A Voz de Ermesinde”.

    Da parte da tarde, D. Manuel Clemente irá visitar a sede da Junta de Freguesia e a Escola Secundária.

    Na Junta é recebido por Luís Ramalho, o presidente da Junta, e por Raul Santos, e visita os serviços e várias das valências da Junta, como a sua Biblioteca. Na Escola Secundária de Ermesinde tem à sua espera o director, Álvaro Pereira. D. Manuel Clemente visita as instalações da escola, o seu auditório, e quer conhecer a sua realidade.

    Segue depois para o Centro de Espiritualidade Oásis e o Lar Marista. Mais tarde será a vez das Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição (Lar de Betânia e Colégio de Santa Joana).

    Pelo meio meio o bispo do Porto visita ainda os Bombeiros Voluntários de Ermesinde (BVE) e a Associação Académica e Cultural de Ermesinde.

    Nos Bombeiros, a recebê--lo tem, entre outros membros da Direcção, o seu presidente, Artur Carneiro (que na qualidade de presidente do Conselho Fiscal da IPSS já tinha estado na visita ao Centro Social de Ermesinde), o vice-presidente Casimiro Gonçalves (ex-presidente da Junta) e Fernando Dinis, também da Direcção, e que já tinha também estado na estação com D. Manuel Clemente. Além destes, estava também o comandante da corporação, Carlos Teixeira.

    D. Manuel Clemente visitou o quartel, a sala de reuniões da Direcção da Associação Humanitária, onde se inteirou da rica história desta instituição de mais de 80 anos, apreciou a réplica da estátua ao bombeiro que se encontra no quartel, e visitou também o centro de comando dos BVE.

    foto
    À chegada à sede da Associação Académica e Cultural de Ermesinde já era noite.

    D. Manuel Clemente é recebido pelo presidente da Direcção, Alberto Mateus e outros membros importantes desta associação, como Domingos Lima, Agostinho Santos, Queijo Barbosa (também primeiro secretário da Assembleia Municipal), e Joaquim Teixeira. Sempre acompanhado pelo cónego João Peixoto e pelo seu assessor, fazem-se brindes e dão-se as boas-vindas ao bispo.

    O Grupo de Música Tradicional Portuguesa da AACE festeja igualmente a vinda do ilustre prelado, para o qual cantou.

    Mais tarde, à noite após o jantar, D. Manuel Clemente visitaria a Feira das Associações e iria proferir a sua muito aguardada conferência, realizando-se em sua honra um espectáculo no palco do Fórum Cultural, com a participação das escolas e que foi encerrado precisamente com o Orfeão da AACE (ver texto noutra peça).

    O sábado dedicou-o o bispo ao contacto com o seu rebanho, culminando numa Assembleia de Paróquia, a que naturalmente presidiu, e o domingo às celebrações religiosas, tendo ocasião de administrar o sacramento do Crisma aos fiéis que para tal se prepararam.

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.