Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 20-12-2009

    SECÇÃO: Cultura


    Exposição antológica de Armando Alves no Fórum Cultural de Ermesinde

    Foi inaugurada no pas- sado dia 11 de Novembro, com a presença do autor e do vereador da Cultura da Câmara de Valongo, João Paulo Baltazar, uma exposi- ção de Armando Alves, um dos históricos pintores do chamado grupo dos “Quatro Vintes”. Armando Alves ma- nifestou-se agradado pela mostra, que revelou ser a sua primeira antológica.

    Foto URSULA ZANGGER
    Foto URSULA ZANGGER
    Cerca de vinte a trinta peças dos vários períodos do autor, incluindo pintura e desenhos, compõem esta exposição antológica aberta ao público até 28 de Fevereiro de 2010.

    Nascido em Estremoz, a sua pintura não foi alheia ao fascínio do Alentejo, que marca o seu primeiro período, neo-realista, nos anos 50, a que se seguem obras abstractas, de «forte incidência matérica e textural» (Laura Castro, catálogo da exposição), na década seguinte.

    O período do 25 de Abril não passou ao lado da obra de Armando Alves, que na mostra o exprime bem e que, fez além do mais questão de frisar na própria inauguração, ao falar da sua obra a uma turma da Escola Secundária de Ermesinde, ali conduzida pela professora Augusta Medeiros.

    Segue-se um período mais expressionista e experimental (em que a sua obra inclui telas fendidas, montagens sobre superfícies bidimensionais e uma criação crescente de objectos e trabalhos gráficos).

    Nos anos 80 reintroduz a paisagem nas suas obras, referindo-se Fernando Pernes a «púdicos poemas de ausência, compostos por nítido rigor linear (...)».

    E é esta reinvenção da paisagem que tem interessado o autor nos últimos anos.

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.