Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 10-12-2009

    SECÇÃO: Cultura


    Grupo de Pedestrianismo Terra Verde realizou a 4ª etapa da peregrinação a Santiago

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    O Grupo de Pedestrianismo de Ermesinde Terra Verde realizou nos passados dia 28 e 29 de Novembro, a quarta etapa da sua peregrinação a Santiago de Compostela. Um total de 36 peregrinos participou nesta dura etapa, feita debaixodos rigores de um clima agreste, e que os levou de Ponte de Lima até Valença.

    Os peregrinos fizeram a sua concentração no sábado, dia 28, frente à Junta de Freguesia de Ermesinde, de onde foram transportados, por autocarro, até Ponte de Lima, local onde tinham terminado a etapa anterior da sua caminhada.

    A chegada ali, local onde teve lugar a reunião dos peregrinos para o pequeno-almoço, carimbo da credencial na Igreja das Cruzes e deslocação até à Igreja Matriz, “com direito” a uma fotografia de grupo, deu-se por volta das 09h15 e o início da caminhada de 19 quilómetros, até Rubiães, às 10h30.

    Os caminhantes foram, sucessivamente percorrendo o itinerário traçado, que incluía locais como a ponte romana-gótica, o medieval Arco da Geia, a capela de S. Sebastião e a Capela da Senhora das Neves, 9 quilómetros após a partida de Ponte de Lima e onde os peregrinos se reaguparam para descansar e almoçar e prepararem-se para fazer face logo a seguir aos 2 quilómetros de subida na vertente da serra da Labruja.

    A caminhada prosseguiu então, passando pela Fonte das Três Bicas, Cruz dos Franceses, a meia encosta, Posto da Guarda Florestal no Alto da Labruja, onde se reagruparam e merendaram, continuando então pelo Moinho de Cabanas, a Pedra de S. Caetano, e a Capela de S. Roque, antes de chegar a Rubiães, termo do primeiro dia desta etapa.

    Em Rubiães, local de uma igreja românica e de um marco miliário romano da Via Militar XIX, um autocarro levou os peregrinos até ao albergue onde pernoitaram.

    Mas antes todos retemperaram as suas forças com um saboroso lombo com castanhas ou, em alternativa, um belo robalo.

    Na manhã de domingo, dia 29, os peregrinos concentraram-se por volta das 08h45 para tomarem o pequeno-almoço, e se reagruparem, reiniciando o caminho por volta das 10h00, para uma caminhada de mais 19 quilómetros até Valença.

    foto
    A caminhada levou-os a passar pela Capela da Senhora do Alívio, S. Bento da Porta Aberta (novo reagrupamento e fotografia de conjunto), e Capela do Senhor dos Aflitos.

    Os peregrinos passaram pela Igreja de S. Bento e o almoço ocorreu por volta das 13h00, restando então mais 9 quilómetros da etapa, até Valença, onde chegaram por volta das 16h00, e puderam visitar a cidadela, voltar a carimbar a credencial da peregrinação, tomar café e fazer mais uma fotografia de grupo.

    Às 18h00 deu-se o regresso a Ermesinde, depois de uma passagem por Braga.

    Entretanto o Grupo de Pedestrianismo Terra Verde anunciou uma alteração ao seu plano inicial de peregrinação, pois irá fazer as etapas galegas não numa jornada contínua, mas em várias semanas, etapa por etapa.

    Por: AVE

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.