Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2024
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 28-02-2009

    SECÇÃO: Tecnologias


    Debian GNU/Linux 5.0 (Lenny) acaba de ser lançado

    Para realizar o objectivo deste trabalho – o exame do funcionamento do político no debate sobre o software livre tendo em vista uma análise dos sentidos – proponho a realização de alguns passos essenciais – conclusão.O projecto Debian anunciou o lançamento oficial do Debian GNU/Linux 5.0 (codenamed “Lenny”) depois de 22 meses em constante desenvolvimento. O Debian GNU/Linux é um sistema operativo livre que suporta num total de 12 arquitecturas de processador e inclui vários ambientes de desktop como o KDE, GNOME, Xfce e o LXDE. Também está em destaque a compatibilidade com o FHS v2.3 e software desenvolvido para a versão 3.2 do LSB.

    O Debian GNU/Linux corre em computadores desde aos palmtops e handhelds até a supercomputadores. Um total de 12 arquitecturas são suportadas: Sun SPARC (sparc), HP Alpha (alpha), Motorola/IBM PowerPC (powerpc), Intel IA-32 (i386), IA-64 (ia64), HP PA-RISC (hppa), MIPS (mips, mipsel), ARM (arm, armel), IBM S/390 (s390), e AMD64 e Intel EM64T (amd64).

    foto
    O Debian GNU/Linux 5.0 “Lenny” adiciona o suporte para a plataforma Orion da Marvell, que é usado em muitos dispositivos de armazenamento. Os dispositivos de armazenamento suportados são o QNAP Turbo Station series, HP Media Vault mv2120, e Buffalo Kurobox Pr. Adicionalmente, “Lenny” agora suporta vários netbooks, em particular o EEE PC da Asus.

    Este lançamento inclui muito software actualizado como o K Desktop Environment 3.5.10 (KDE), uma versão actualizada do GNOME desktop environment 2.22.2, o Xfce 4.4.2 desktop environment, LXDE 0.3.2.1, o GNUstep desktop 7.3, X.Org 7.3, OpenOffice.org 2.4.1, GIMP 2.4.7, Iceweasel 3.0.6, Icedove 2.0.0.19 , PostgreSQL 8.3.6, MySQL 5.0.51a, GNU Compiler Collection 4.3.2, Linux kernel versão 2.6.26, Apache 2.2.9, Samba 3.2.5, Python 2.5.2 e 2.4.6, Perl 5.10.0, PHP 5.2.6, Asterisk 1.4.21.2, Emacs 22, Inkscape 0.46, Nagios 3.06, Xen Hypervisor 3.2.1, OpenJDK 6b11, e mais de 23 000 outros pacotes actualizados e prontos a instalar.

    Como sempre, a escolha do projecto Debian privilegia o software já bem testado e estável, acima de qualquer falha, em detrimento de novidades, eventualmente mais funcionais, mas ainda sujeitas a eventuais deficiências. Tal é o caso do ambiente KDE, em que se ignora a versão 4.0 em detrimento da 3.5.10 ou do OpenOffice.org 2.4.1, preferido ao mais recente 3.0.

    Com a integração do X.Org 7.3, o servidor X auto-configura-se com muito do hardware. Uns pacotes recentemente introduzidos permitem suporte total para o sistema de ficheiros NTFS. O suporte para Flash está disponível via swfdec ou GNASH. Algumas melhorias globais para portáteis foram introduzidas, como por exemplo CPU frequency scaling out of the box. Para os tempos livres, vários novos jogos foram adicionados, incluindo vários jogos do tipo puzzle como também first person shooters (FPS).

    O Debian GNU/Linux pode ser instalado a partir dos tradicionais DVDs, CDs, USBs e disquetes, ou por rede. Em adição aos métodos de instalação normais, agora já é possível usar o Debian GNU/Linux sem a instalação do mesmo (LiveCD) mas estas imagens especiais só estão disponíveis para as arquitecturas AMD64 e i386.

    O Debian GNU/Linux pode ser descarregado imediatamente a partir de um dos mirrors. As actualizações para o Debian GNU/Linux 5.0 a partir da versão Debian GNU/Linux 4.0 “Etch” são automaticamente controladas pelo aptitude ou pelo apt-get. Como sempre as distribuições Debian GNU/Linux podem ser actualizadas sem problemas, no lugar e sem downtimes forcados, mas é altamente recomendada uma leitura às notas de lançamento para possíveis problemas, e instruções detalhadas para a instalação e a actualização do sistema.

    As várias versões

    em manutenção activa

    O Debian sempre tem pelo menos três versões em manutenção activa: "estável (stable)", "testing" e "instável (unstable)".

    A distribuição "estável (stable)" contém a última versão oficialmente lançada do Debian. Esta é a versão de produção do Debian, a que o projecto primeiramente recomenda que seja usada.

    A actual distribuição "estável (stable)" do Debian GNU/Linux é a versão 5.0.0, de codinome lenny, como já vimos, lançada recentemente, a 14 de Fevereiro de 2009.

    A distribuição "testing" contém pacotes que ainda não foram aceitos na versão "estável (stable)", mas estão na fila para isso. A principal vantagem de usar esta distribuição é que ela possui versões mais recentes de software.

    A actual distribuição "testing" é squeeze.

    Quanto à instável ("unstable"), é aquela em que o desenvolvimento activo do Debian ocorre. Geralmente, esta distribuição é executada por desenvolvedores e por aqueles que gostam de viver no limite. A distribuição "instável (unstable)" actual é chamada sid.

    As páginas web para as versões obsoletas do Debian são mantidas intactas, mas as distribuições propriamente ditas só podem ser encontradas num repositório separado.

    A integridade dos dados é garantida por um arquivo Release assinado digitalmente. Para garantir que todos os arquivos na versão pertençam a ela, checksums MD5 de todos os arquivos Packages são copiados dentro do arquivo Release.

    Assinaturas digitais para este arquivo são armazenadas no arquivo Release.gpg, usando a versão actual da chave de assinatura do repositório.

     

    Outras Notícias

    · A memória do rato

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.