Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 20-07-2022
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 28-02-2009

    SECÇÃO: Cultura


    Semana Cultural anima Escola Secundária de Valongo

    Fotos MANUEL VALDREZ
    Fotos MANUEL VALDREZ
    Decorreu entre o dia 16 e 20 de Fevereiro mais uma Semana Cultural, subordinada ao tema – Viver melhor na terra – levada a cabo pela Escola Secundária de Valongo (ESV). A sessão de abertura teve lugar no primeiro dia do evento, no Fórum Vallis Longus, pelas 21h30, contando com a presença da presidente do Conselho Executivo, Paula Sinde, Carlos Sousa da DREN e Hilda Soares a representar a Câmara Municipal de Valongo.

    Paula Sinde deu as boas vindas aos presentes e agradeceu o «envolvimento de todos os parceiros, cuja presença reforça a sua importância na educação». Fez referência, ainda à jornada de trabalho que um evento deste tipo requer mas que faz parte «do projecto que é a educação».

    A sessão inaugural esteve a cargo do Grupo Instrumental Orff da Maia, com uma variedade assinalável de instrumentos, entre eles xilofone, trompete, saxofone, flauta de bisel e violino.

    A ideia desta semana cultural partiu da necessidade de agregar os eventos que os vários departamentos da escola promoviam. «O departamento de matemática e ciências promovia uma semana com actividades, depois surgiu a semana das letras e assim sucessivamente. Decidimos então condensar todas estas semanas temáticas, apenas numa», referiu José Peres, vice-presidente do Conselho Executivo.

    A semana cultural pretende abrir a escola ao exterior, o professor dá como exemplo pais e encarregados de educação que, nestas alturas assistem às actividades levadas a cabo. Outro factor importante é o desenvolvimento de algumas actividades no exterior da escola. Exemplo disso foram a caminhada pelo percurso de Couce e a conferência sobre eficiência energética que decorreu no auditório Vallis Longus, apenas para referir algumas actividades.

    foto
    À data em que estivemos na Escola Secundária de Valongo estavam a decorrer actividades diversificadas, desde a gastronomia até à astronomia, passando pela electrotecnia.

    Na sala da astronomia, os alunos puderam tirar as suas dúvidas (caso as tivessem) acerca das diferenças entre astrologia e astronomia. Com o software disponível é possível “visitar” Marte, ou qualquer sítio do planeta terra, e até contemplar as estrelas no céu, tudo isto em apenas alguns minutos.

    Na electrotecnia, já se sabe, domina o sexo masculino, mas não se pense que isto monopoliza o desenvolvimento dos seus projectos. Exemplo disso é o “estendal inteligente” que recolhe a roupa assim que começa a chover. Este “invento” baseia-se num dispositivo electrónico que acciona um mecanismo assim que for reconhecido algum sinal de humidade. É de referir que este trabalho, juntamente com outros foram desenvolvidos pelos alunos dos Cursos de Educação e Formação e estiveram expostos na ESV.

    Por: Teresa Afonso

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.