Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 28-02-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 10-12-2008

    SECÇÃO: Destaque


    11ª MOSTRA INTERNACIONAL DE TEATRO ‘08

    Venham todos, mas todos aqui, agora, ao cabaret!

    Foto URSULA ZANGGER
    Foto URSULA ZANGGER
    Espectáculo memorável, com um ritmo frenético formidável do princípio ao fim da peça e até antes do princípio, em que os actores, já maquilhados e vestidos se passearam por entre o público, à espera de entrar.

    Uma co-produção Al-Masrah/Baal 17 em que há a destacar o soberbo trabalho de encenação e dramaturgia de Marta Pazos. Os actores e actrizes funcionaram como relógios certíssimos, numa peça em que as marcações precisavam de apurado afinamento.

    De resto, sucedeu de tudo neste espectáculo de verdadeiro cabaret...

    Desde a brasileira azougada que fazia exercícios na praia – e que, de passagem, “homenageou” Júnior Sampaio e o ENTREtanto –, à african queen, com as suas feras amestradas, dois magníficos gatos selvagens, à quente stripper, à imitação espectacular de Elton Jonh, com recurso a uma marioneta e karaoke – e que fez o público presente rir a bandeiras despregadas, ao carteirista, à charge sobre o trabalho da ASAE, ao inspirado texto de publicidade genuína, de autor alheio, ao indivíduo que não podia com a maldade e, por isso, bufava os colegas e maltratava os potenciais concorrentes e adversários... e todos os outros que, quem sabe, pudessem algum dia vir a sê-lo...

    E às duas alternativas, um bailado a quatro mãos e quatro pernas (duas obviamente alheias), em que se criticava a diversidade das duas propostas indistinguíveis entre as forças do chamado bloco central...

    Dança, representação, canto, texto, tudo isto casado no mais perfeito desvario cadenciado e certo, desconjuntado e louco, perfeito e monstruoso. Uma cenografia à altura, com grande variedade de figurinos. E uma representação brilhante dos actores.

    “ Caravan Cabaret” fechou, sem dúvida, com chave de ouro a programação de teatro desta décima-primeira edição da Mostra Internacional de Teatro.

    Ficha Técnica:

    Encenação e Dramaturgia: Marta Pazos;

    Assistência de Encenação: Hugo Torres, Susana Nunes e Telma Saião;

    Cenografia e Figurinos: Sara Machado da Graça;

    Interpretação: Alice Catarino, Marco Ferreira, Patrícia Vito, Pedro Ramos, Rui Ramos, Sandra Serra, Susana Nunes, Susana Romão e Vânia Silva;

    Desenho de luz: Marco Ferreira e Paulo Troncão;

    Técnicos: Cajó Viegas e Paulo Neto;

    Duração: 75 minutos.

    Por: LC

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.