Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2023
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-09-2008

    SECÇÃO: Desporto


    FUTEBOL - CAMPEONATO DISTRITAL DA 1ª DIVISÃO - SÉRIE 1 - 4ª JORNADA

    Novo empate caseiro

    Foto MANUEL VALDREZ
    Foto MANUEL VALDREZ
    Sol e calor em mais uma tarde de futebol no Estádio de Sonhos a 28 de Setembro passado.

    O Ermesinde apresentava-se para este encontro com o registo de duas vitórias fora de portas e um empate caseiro, classificando-se entre os primeiros da 1.ª Divisão da Associação de Futebol do Porto.

    Teve melhor início a equipa do Valadares que, logo nos instantes iniciais da partida, apanhou o Ermesinde desprevenido, com Tiago a conseguir fazer um remate de muito longe e com força, no entanto, fácil para o guarda-redes da casa. Passado o susto inicial, coube ao Ermesinde o domínio da posse de bola, contudo, sem grande perigo nas jogadas de foro ofensivo. Aos 25 minutos, na sequência de um cruzamento da direita, Paulo corresponde com um golpe de cabeça a proporcionar defesa apertada do guarda-redes Clemente. Jogava melhor o conjunto da casa e, novamente, Paulo cria perigo de cabeça, passando a bola a escassos centímetros do poste esquerdo. Com o nulo registado, ambas as equipas recolheram aos balneários com a esperança de um futebol melhor na segunda parte.

    No reinício da partida coube ao Valadares o primeiro lance de perigo, através de um livre directo, tendo a bola subido mais que o devido e passando por cima da barra da baliza ermesindense. Nos minutos seguintes, o Valadares conseguiu tirar partido de alguns erros defensivos do Ermesinde, criando lances de verdadeiro perigo para a equipa da casa. Em resposta, os ermesindistas, reforçados com a entrada de Jorge ao intervalo, conseguiram maior dinâmica no ataque, tendo construído boas jogadas de cariz ofensivo. Aos 61 minutos, mais uma vez Paulo, que tanto procurou o golo da vitória, rematou cruzado com a bola a passar junto ao poste da baliza do Valadares. O Ermesinde tomou conta do jogo até ao fim, tendo tido, por intermédio de Jorge, aos 66 minutos, uma soberana oportunidade para se adiantar no marcador quando este, de cabeça, atirou para uma defesa instintiva de Clemente.

    Até final houve ainda mais um lance de verdadeiro perigo, em que a falta de sorte dos homens da casa ficou bem à vista, quando, num cruzamento- remate da esquerda, protagonizado por Paulo, a bola percorreu a zona frontal da baliza a escassos centímetros da linha de golo sem ninguém conseguir emendar.

    No capítulo disciplinar, o árbitro Paulo Moreira teve ainda alguns erros significativos, tendo até mostrado o segundo cartão amarelo a Carvalho sem mostrar o respectivo cartão vermelho.

    O tempo passou e o Ermesinde SC não conseguiu encontrar o golo que tanto procurava.

    Mais um empate caseiro da equipa do Ermesinde, que continuou no fim do jogo com a marca de invencibilidade que já regista há quatro jogos.

    Nota: Todos os resultados e classificação desta competição podem ser consultados no link "resultados desportivos" da nossa edição on-line.

    Por: Luís Dias

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.