Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 30-11-2020
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-04-2008

    SECÇÃO: Desporto


    CICLISMO

    Equipa de Sobrado vence “clássica” e garante as três primeiras posições da classificação geral

    A equipa da Casactiva//Quinta das Arcas/Aluvia/União Ciclista de Sobrado foi a grande vencedora da Volta às Terras de Santa Maria/Troféu Fernando Mendes (que se realizou a 26 e 27 de Abril passado em Santa Maria da Feira), ao arrebatar os 1º, 2º e 3º lugares da classificação geral individual, garantindo ainda a liderança por equipas.

    Jorge Teixeira, um jovem que ingressou no início da presente temporada na formação de Sobrado e que tem vindo a dar indicações muito positivas, arrancou uma espectacular vitória na última etapa, disputada no já tradicional e célebre circuito do castelo da cidade feirense, depois de andar fugido mais de metade do íngreme percurso.

    Foi quase o pleno para a formação de Sobrado, que deixou escapar o prémio de contagem de montanha, o qual ficou na posse, e bem, de Alexandre Ruas (Crédito Agrícola), aliás um corredor que costuma impor as suas qualidades de trepador nato neste tipo de terreno.

    Marco Coelho (SM Feira/E. Leclerc/Moreira Congelados) garantiu o prémio relativo ao melhor corredor jovem. De resto, para lá do triunfo por equipas da formação de Sobrado, Marco Cunha, o primeiro ciclista a envergar a camisola amarela na prova, dominou a classificação dos pontos e das metas volantes.

    Se na etapa do dia 26 as coisas correram de feição para a Casactiva/Quinta das Arcas//Aluvia/UCS, o mesmo já não se pode dizer da primeira das duas tiradas do dia 27.

    Com efeito, o contra-relógio por equipas acabou por ser dominado pela equipa da SM Feira/E. Leclerc/Moreira Congelados, com Marco Coelho a vestir a amarela no final das duas voltas que perfaziam a distância de 33,6 quilómetros. E foi aí que muitos pensaram – com uma certa legitimidade, assinale-se – que a equipa da casa, orientada por Manuel Correia, podia levar Marco Coelho, Ricardo Vilela ou João Benta ao lugar mais alto do pódio.

    Restava a etapa da tarde para acertar umas contas... que tiveram muito que contar. Com efeito, a Casactiva//Quinta das Arcas/Aluvia//UCS pegou de forma decidida e ousada na corrida, revelando nítida superioridade sobre a concorrência, porventura perplexa com o forte ataque desferido.

    Rui Vinhas esteve incansável, como sempre, no apoio aos seus companheiros, em especial na tremenda ajuda que deu a Jorge Teixeira. E o homem de Lordelo foi por ali fora sem receios nem complexos, para ganhar cerca de um minuto para os seus mais directos perseguidores, rolando isolado nas quatro últimas das sete voltas do percurso.

    Marco Cunha e Carlos Sabido, tidos como naturais candidatos ao triunfo final, tiveram mesmo de ver o seu companheiro de equipa, merecidamente, suceder ao benfiquista José Mendes na lista dos vencedores da prestigiada competição.

    JORGE TEIXEIRA,

    O VENCEDOR DA PROVA...

    No final da corrida Jorge Teixeira era naturalmente um homem feliz. «Esta vitória não é minha, mas sim dos meus companheiros. A equipa esteve muito bem e não se deixou perturbar com a perda da camisola amarela. Senti--me com forças e apercebi--me que podia vencer a etapa, mesmo quando furei, permitindo a aproximação dos adversários. Tenho de agradecer, em especial, ao meu colega Rui Vinhas, que tudo fez para que eu pudesse voltar ao mesmo andamento e seguir isolado. Trata-se de um triunfo importante que quero repartir com todos os meus colegas e com os patrocinadores da Casactiva/Quinta das Arcas/Aluvia/UCS», frisou o corredor.

    A classificação geral dos 10 primeiros ficou assim ordenada: 1º Jorge Teixeira (Casactiva/Quinta das Arcas//Aluvia/UCS), 5h16m20s; 2º Marco Cunha (Casactiva/Quinta das Arcas/Aluvia/UCS), a 7s; 3º Carlos Sabido (Casactiva/Quinta das Arcas/Aluvia//UCS), a 8s; 4º João Benta (SM Feira/E. Leclerc//Moreira Congelados), a 11s; 5º Ricardo Vilela (SM Feira/E. Leclerc/Moreira Congelados), a 38s; 6º Fábio Cera (SL Benfica), a 1m06s; 7º Bruno Silva (Casactiva/Quinta das Arcas/Aluvia/UCS), a 2m41s; 8º Vítor Carvalho (LA Sistemas/SSS//Trevomar), a 3m05s; 9º Sérgio Ruas (Crédito Agrícola), a 3m58s; 10º Daniel Mestre (Tavira/Palmeiras Resort), a 4m16s.

    Os três primeiros da classificação geral por pontos foi a seguinte: 1º Marco Cunha (Casactiva/Quinta das Arcas//Aluvia/UCS), 20 pontos; 2º Jorge Teixeira (Casactiva/Quinta das Arcas/Aluvia/UCS), 13; 3º Carlos Sabido (Casactiva/Quinta das Arcas/Aluvia/UCS), 8.

    No que toca à classificação geral das metas volantes a formação de Sobrado colocou igualmente três corredores seus no pódio, mais precisamente Marco Cunha, 1º, com 6 pontos; Jorge Teixeira, 2º, com 3 pontos, e Carlos Sabido, 3º, com 2 pontos.

    A geral da juventude foi ganha por Marco Coelho (SM Feira/E. Leclerc/Moreira Congelados).

    Por: AVE/Vaz Mendes

     

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.