Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-03-2021
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 30-06-2005

    SECÇÃO: Editorial


    O ambiente em que vivemos

    Ninguém tem dúvidas sobre a importância de um bom meio ambiente para o nosso bem-estar e que esse ambiente é constituído por sistemas físicos, químicos e biológicos que integram os recursos naturais, daí a importância de nunca ser demais apelar para a consciencialização de que os recursos naturais são finitos.

    Desses recursos depende a vida biológica na Terra e os processos de produção económica.

    No entanto, esta abordagem do ambiente ainda é muito redutora, ela remete-nos para uma visão apenas economicista. Mas se pensarmos que o ambiente é um sistema essencial para a manutenção da vida na Terra, compreendemos que as suas propriedades e as suas características básicas têm de ser garantidas a todos os seres vivos. A água, o ar, o solo e os ecossistemas têm de ser preservados com qualidade e o seu uso tem que ser garantido a todos os cidadãos.

    Mas o homem também é parte integrante deste sistema em todas as suas dimensões. E é esta relação do homem com o meio, e da sua responsabilidade como cidadão, que pode alterar hábitos, criando uma nova forma de encarar o uso dos recursos existentes.

    João Pato, num texto sobre o ambiente que faz parte do livro “20 Ideias para 2020. Inovar Portugal “, organizado por Gustavo Leitão Cardoso, afirma: «…Se entendermos a inovação como uma proposta de aprendizagem e de construção colectiva, então podemos assumir que a capacidade de inovar pressupõe também a capacidade de pôr em prática esse conjunto de novos valores em diversos domínios e contextos da actividade humana. Desta forma podemos dizer que inovar é um processo que se inicia quando questionamos acerca dos valores que orientam as nossas condutas, que se desenvolve através da procura de respostas que introduzam novos valores nessas condutas e que ganha forma quando se colocam em prática esses valores através da criação de novas posturas individuais e colectivas…».

    Porque acreditamos que não se inova por decreto e que a participação das populações esclarecidas pode contribuir de forma activa e inovadora para a defesa e preservação do nosso meio ambiente, resolveu “A Voz de Ermesinde” organizar um debate subordinado ao tema “Água: A Sustentabilidade dos Recursos e o Problema da Seca”.

    Com uma seca a afectar quase todo o país, no início da época dos fogos, quando mais uma vez se tem que equacionar o que fazer com os resíduos desta sociedade consumista – que pouca importância tem dado ao papel da reutilização e da reciclagem –, pareceu-nos muito importante proporcionar aos ermesindenses uma reflexão em torno desta problemática, que esperamos tenha a participação activa de todos no sentido de nos informarmos e de darmos o nosso contributo para a resolução de um problema que é de nós todos.

    Por: Fernanda Lage

     

    Outras Notícias

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.