Subscrever RSS Subscrever RSS
Edição de 31-01-2023
  • Edição Actual
  • Jornal Online

    Arquivo: Edição de 31-12-2022

    SECÇÃO: Saúde


    foto

    Já pensou nos objetivos para a sua saúde em 2023?

    foto
    Com a aproximação do final do ano, muitos começam a pensar nas metas a atingir em 2023. Mas a verdade é que, sem saúde, todos os objetivos podem ficar rapidamente comprometidos. Nesse sentido, nesta última edição do ano, deixamos 12 dicas essenciais para melhorar a sua saúde no novo ano.

    1. A saúde reúne o bem-estar físico e mental. Infelizmente, a saúde mental é a que tendemos a menosprezar com maior frequência. Em 2023 tente focar-se mais na sua saúde mental, pare para pensar em como se sente e no que pode fazer para melhorar. Procure um Psicólogo e inicie acompanhamento regular. Está na altura de desmistificar a ideia que só devemos procurar ajuda a este nível quando estamos doentes...a prevenção é crucial!

    2. Reveja a sua alimentação! Com o stress do dia-a-dia é comum adotarmos hábitos alimentares menos saudáveis. Privilegie o consumo de frutas, legumes e proteínas magras; alimentos frescos e confecionados em casa. Deixe os alimentos mais gordurosos e/ou açucarados para uma refeição ao fim de semana ou um dia festivo.

    3. 2023 é o ano em que vai começar a pôr em prática todos os conselhos sobre atividade física que colecionou ao longo dos anos. Se não costuma praticar exercício, comece devagar...uma caminhada de 30min por dia é um ótimo ponto de partida. Chame um familiar ou amigo para ir consigo e vá aumentando gradualmente a duração!

    4. Com todas as tarefas que temos para completar diariamente, o que fica para último lugar? O sono! Mas é durante o sono que o nosso corpo recupera e fica pronto para mais um dia cheio de exigências. A má qualidade do sono interfere muito na nossa saúde, por isso, no próximo ano, tente adotar uma rotina de sono equilibrada e consistente: pelo menos 7h de sono, sem equipamentos eletrónicos ligados, em ambiente tranquilo.

    5. Os anos de pandemia vieram piorar muitos aspetos da nossa vida, incluindo os vícios. O isolamento, o stress e a ansiedade levaram a que muitos adotassem comportamentos aditivos ou que se agravassem os já existentes. Aproveite o próximo ano para ponderar mudar esse hábito menos bom que tem, seja ele o tabaco, o álcool, as drogas, os jogos ou outros. Partilhe as suas ideias com alguém de confiança e peça ajuda!

    foto
    6. Tendencialmente, preocupamo-nos com diversos órgãos do nosso corpo mas desleixamo-nos em relação ao maior de todos: a pele! Qual foi a última vez que colocou hidratante? E protetor solar? Tem vigiado os seus sinais? A pele é a nossa maior proteção contra as agressões do dia-a-dia. Cuide dela diariamente, começando pela limpeza adequada (cara e corpo) e continuando com hidratação, proteção solar das áreas expostas (e não, não é só na praia) e vigilância de alterações que vão surgindo (pode até fotografar).

    7. A saúde oral é outro pilar fundamental para uma vida saudável. Ir ao dentista de 6 em 6 meses, no mínimo, é um hábito que pode prevenir muitos problemas. Se financeiramente for complicado, fale com o seu médico de família para saber se há consultas no seu Agrupamento de Centros de Saúde e/ou pesquise na sua área se existe algum programa de apoio ou protocolo. Pode, ainda, ver os preços nas clínicas das faculdades.

    8. Ficariam surpreendidos se percebessem a quantidade de pessoas que vive com diminuição da acuidade visual. Fez alguma avaliação da visão recentemente? Mesmo quem nunca precisou de usar óculos, a partir dos 40-50 anos, tende a começar a ver pior e a precisar de vigiar este aspeto. Não esqueça, também, a importância desta vigilância no caso das crianças. Há muitos problemas que podem ser corrigidos se detetados precocemente.

    9. Se não foi recentemente ao seu médico de família/médico assistente agende

    (...)

    leia este artigo na íntegra na edição impressa.

    Nota: Desde há algum tempo que o jornal "A Voz de Ermesinde" permite aos seus leitores a opção pela edição digital do jornal. Trata-se de uma opção bastante mais acessível, 6,00 euros por ano, o que dá direito a receber, pontualmente, via e-mail a edição completa (igual à edição impressa, página a página, e diferente do jornal online) em formato PDF. Se esta for a sua escolha, efetue o pagamento (de acordo com as mesmas orientações existentes na assinatura do jornal impresso) e envie para o nosso endereço eletrónico (avozdeermesinde@gmail.com) o nome, o NIF e o seu endereço eletrónico para lhe serem enviadas ao longo do ano, por e-mail, as 12 edições do jornal em PDF.

    Mas se preferir a edição em papel receba comodamente o Jornal em sua casa pelo período de 1 ano (12 números) pela quantia de 12,00 euros.

    Em ambos os casos o NIB para a transferência é o seguinte: 0036 0090 99100069476 62

    Posteriormente deverá enviar para o nosso endereço eletrónico (avozdeermesinde@gmail.com) o comprovativo de pagamento, o seu nome, a sua morada e o NIF.

    Telma Lopes - Médica Especialista de Medicina Geral e Familiar, UCSP Matosinhos - Unidade Local de Saúde de Matosinhos

    Catarina Rebelo - Médica Especialista de Medicina Geral e Familiar, Matosinhos

     

    Outras Notícias

     

    este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu Este espaço pode ser seu
    © 2005 A Voz de Ermesinde - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
    Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.